Ação da Polícia Militar prende suspeito de maus-tratos a animais após rinha de galo no Povoado Capim Grosso em Canindé de São Francisco

- Damião Feitosa - - 22 de outubro de 2021 | - 5:07 - - Home » Cidades» Destaque» Notícias» Sertão - - Sem Comentários

Foto: Redes Sociais | Reprodução

Uma ação do 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe prendeu na manhã desta sexta-feira (22), por volta das 10h00min, um suspeito de maus-tratos a animais no Povoado Capim Grosso em Canindé de São Francisco, região do Sertão.

As Guarnições Tático 41 e Canário 01 foram acionadas via telefone sendo informadas que no Povoado Capim Grosso estava acontecendo uma rinha de galo e que os participantes estavam praticando maus-tratos e atirando os animais na parede.

De imediato as equipes policiais deslocaram-se ao local informado, na Rua José Marinho Sobrinho, S/N, e encontraram as aves presas em locais inapropriados e alguns dos animais feridos.

Após constatação do crime ambiental, as guarnições entraram em contato com uma ONG do município e solicitou a presença de um veterinário para consulta e envio das aves.

No local do flagrante, um dos envolvidos identificado como Cleildon Rodrigues Bezerra assumiu os maus-tratos e informou que praticava esse ato há muitos anos. O suspeito apreendido declarou que seu tio Walmir Rodrigues Gomes foi um dos que atirou o galo na parede e posteriormente com chutes e pontapés.

O suspeito foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia Civil Plantonista do município para a adoção das medidas cabíveis.

 

Por Damião Feitosa

Jornalista DRT-0005839/BA

Informações do 4º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Sergipe

 

Assista o vídeo:

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Ação da Polícia Militar prende suspeito de maus-tratos a animais após rinha de galo no Povoado Capim Grosso em Canindé de São Francisco

Deixe uma resposta