Acusados de roubar celulares na cidade de Glória são detidos pela polícia

- Alexandre Pingo - - 28 de junho de 2016 | - 2:28 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários

catsDurante uma ação rápida e diligente, policiais militar da cidade de Cumbe prenderam em flagrante na noite dessa segunda-feira, 27 de Junho, Demeson dos Santos e apreenderam um menor de iniciais I. F., após realizarem assaltos a estabelecimentos comerciais nas cidades de Cumbe e Feira Nova.

Após a prisão, a dupla foram levadas pelos policiais para a Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, onde os policiais civis do setor de investigação ligaram as características, modos operantes e veículo usado, uma motocicleta CG 150 vermelha de placa IAG-1734, a assaltos realizados na cidade de Nossa Senhora da Glória nos dias que antecederam as festas de São João, aonde foram subtraídos diversos celulares.

Segundo a polícia, os presos foram submetidos a reconhecimento por parte de uma das vítimas de Glória, que confirmou ser o autor do assalto, iniciando-se diligências em conjunto dos PMs e PCs que localizaram e aprenderam na cidade de Nossa Senhora das Dores quatro celulares roubados em Glória e a outra moto usada nesses assaltos, uma Honda Pop100 de cor branca.

A operação resultou na elucidação dos crimes de roubo que abalaram a população gloriense nas últimas semanas. Isso demonstra como é importante e eficaz o trabalho coordenado e a troca de informações entre as instituições policiais, civil e militar.

Alguns desses roubos foram publicados pelo Portal Pingou Notícias. Para relembrar, basta clicar nos links abaixo.

Jovem é assaltada no centro da cidade de Glória

Mais uma pessoa é assaltada na cidade de Glória

Mais uma jovem tem telefone tomado durante assalto na cidade de Glória

Em menos de 24h, duas pessoas são assaltadas em Glória

Com informações da polícia civil

Da Redação, Pingou Notícias

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Acusados de roubar celulares na cidade de Glória são detidos pela polícia

Deixe uma resposta