Administradores, economistas e contabilistas pedem apoio para criação de PL

- Alexandre Pingo - - 6 de novembro de 2018 | - 1:03 - - Home » Política - - Sem Comentários

Na manhã desta segunda-feira (05), representantes  e conselheiros das categorias de administração,economia e  contabilidade se reuniram com o presidente e deputado estadual da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Luciano Bispo (MDB), a fim de buscarem o apoio para a criação e aprovação de projeto de lei que institua o plano de cargos de salários para as estas três categorias. Atualmente o piso salarial destes profissionais é de R$900,00.

De acordo com o conselheiro Júlio Batista, 54 servidores ativos na administração pública direta e indireta estão registrados nos respectivos conselhos, sendo 18 representantes de cada categoria. “Precisamos unificar, fortalecer e valorizar os profissionais de administração, economia e contabilidade. São profissionais que tem um peso significativo para o estado, principalmente para este início de 2019, diante de um processo de total restrição”, explicou o conselheiro.

Batista acrescentou que “o governo do estado precisa ter mobilidade e aproveitar essa mão de obra extremamente qualificada, buscando equilibrar as contas públicas e ao mesmo tempo promover ações em Sergipe”, afirma.

Ainda de acordo com o conselheiro, é primordial ter essas três categorias alinhadas diante das ações governamentais, para que possam  promover resultados planejados, a exemplo do ano de 2007, onde iniciaram com um planejamento estadual , no qual foi realizada uma reorganização territorial do estado, passando de 5 para 8 em sua identidade.

Segundo a administradora Denise Teles Barreto, desde o ano de 2014 estão tentando junto ao governo a viabilização do PL. “Esperávamos que fossemos inseridos  no plano de cargos e salários da administração geral, o qual fez parte os engenheiros e arquitetos, bem como os da área da saúde. Mas não obtivemos sucesso”.

Por Luciana Botto/FaxAju

Foto: Júnior Ventura

Colégio Atena
Enium Criação de Sites

Deixe seu comentário!

Para: Administradores, economistas e contabilistas pedem apoio para criação de PL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *