Almeida Lima discute melhorias na saúde com gestores do Alto Sertão Sergipano

- Alexandre Pingo - - 26 de maio de 2017 | - 9:41 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários

Como resposta a uma determinação do governador Jackson Barreto, o secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima se reuniu com prefeitos, secretários municipais da saúde, vereadores de cidades do Alto Sertão Sergipano nesta quinta-feira, 25, no Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória. O objetivo da reunião foi estreitar relações para mais facilmente identificar melhorias a serem alcançadas na área.

Na ocasião, foram representados os municípios de Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre, Poço Redondo, Porto da Folha, Canindé de São Francisco, Itabi, Gararu, Graccho Cardoso e Feira Nova. Segundo Almeida Lima, as demandas sugeridas, que envolvem as necessidades em saúde de toda a região, implicam na tomada de decisões imediatas que visam a qualificação da assistência oferecida, especialmente no hospital regional.

Infraestrutura

“As decisões prioritárias para melhoria das condições de saúde estão sendo tomadas, tanto na capital, onde avanços já foram alcançados e boas notícias veiculadas, quanto no interior do Estado. Teremos em breve uma nova ambulância em funcionamento e, através da presença da diretoria de infraestrutura da SES, iniciaremos hoje as primeiras providências para reforma das instalações elétricas e, ao mesmo tempo, das instalações necessárias à reabertura imediata do centro cirúrgico do Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória”, garantiu o secretário da Saúde.

Segundo o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Luiz Eduardo Correia, essas e outras novas providências, a exemplo da otimização da maternidade do Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória, devem aumentar a resolutividade dos casos nas unidades do interior de Sergipe, inseridas na Rede Estadual da Saúde.

“Aumentando o número de leitos na maternidade teremos como diminuir a chegada de pacientes no Huse, e a superlotação de pacientes em Aracaju. A pedido dos secretários municipais da saúde da região, retomaremos o centro cirúrgico deste hospital regional e assim realizaremos as cirurgias eletivas, demanda essa compartilhada pelos gestores municipais desses nove municípios”, garantiu Luiz Eduardo.

Economia

As novas medidas agilizadas pela SES representam o resultado de uma economia mensal já orçada em oito milhões de reais que tem possibilitado ações positivas para a assistência, entre elas o funcionamento de cinco tomógrafos: três em Aracaju, um no Hospital Regional de Itabaiana e outro no Hospital Regional de Estância.

Além disso, a aquisição com recursos próprios da SES de 30 novas ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Sergipe. Entre essas, cinco de suporte avançado e 25 de suporte básico, além de novas motolâncias. Após identificação de excessivas despesas em horas extras de profissionais, será realizado o Processo Seletivo Seriado (PSS) para contratação de médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde destinados para a unidade de Glória e de outros municípios sergipanos. Ainda há previsão de realização de concurso público.

A chegada de 27 ambulâncias de pequeno porte, sendo sete já recebidas e 20 em espera, foi motivo de contentamento para gestores municipais da saúde. Os hospitais regionais contemplados serão os de Nossa Senhora da Glória, Propriá, Itabaiana, Estância, Nossa Senhora do Socorro, Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) e Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Aliada a essa novidade, a compra de mais de 300 monitores também com recursos próprios da SES, necessários à leitura das condições vitais dos pacientes.

O prefeito de Nossa Senhora da Glória, Chico do Correio, ressalta que é a primeira vez que presencia uma reunião democrática desse porte. “O secretário deu aula de gestão para os prefeitos aqui presentes. As explicações sobre investimentos na área da saúde foram de grande valia e a expectativa é de que os recursos investidos redistribuam avanços para os municípios sergipanos”, almeja.

Promotor em Canindé do São Francisco, Emerson Oliveira Andrade visualiza novas deliberações frente às necessidades da população. “No tocante a medicamentos, cirurgias e consultas médicas teremos novidades. A partir da união das partes – Estado e municípios – esperamos ações sólidas e conclusivas”, afirmou o promotor.

Enfermeira no Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória há quatro anos, Érica Regina Soares tem esperança de poder auxiliar melhor na construção de uma saúde pública de qualidade no município. “Hoje vejo que há espaço para essa construção, uma vez que temos um secretário de Estado com visão muito boa sobre avanços e melhorias para os usuários do SUS, Sistema Único de Saúde que permite o acesso de pacientes a quaisquer unidades, independente do estado brasileiro”, concluiu Érica.

Fonte: SES

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Almeida Lima discute melhorias na saúde com gestores do Alto Sertão Sergipano

Deixe uma resposta