Alvo de hackers, empresas querem descentralizar controle de servidor

- Alexandre Pingo - - 25 de outubro de 2016 | - 11:18 - - Home » Tecnologia - - Sem Comentários

As empresas podem reduzir o risco do tipo de ataque cibernético que tirou do ar grandes sites na sexta-feira (21) usando múltiplos fornecedores para gerenciar servidores de nome de domínio (conhecido pela sigla em inglês por DNS), afirmaram empresas e especialistas em segurança neste domingo (23).

“Nós temos defendido há anos a redundância em sua infraestrutura”, disse Kyle York, diretor de estratégia para a Dyn, o provedor de DNS de New Hampshire que foi atacado na sexta. “Eu não acho que você possa estar sempre seguro o suficiente ou redundante o suficiente.”

Hackers fizeram um ataque complexo na internet por meio de dispositivos comuns como webcams e gravadores digitais e cortaram o acesso a alguns dos sites mais conhecidos do mundo na sexta, uma violação impressionante de estabilidade global internet.

York disse que os clientes que usaram vários servidores “viram menos o impacto.”

Usar vários provedores de DNS pode, no entanto, tornar o tráfego sob gerenciamento mais complicado e caro, dizem os especialistas.

“É importante implementar diversidade geográfica, bem como de arquitetura” para uma defesa contra ataques de DNS, disse Andy Ellis, diretor de segurança da Akamai Technologies, que ajudou na recuperação da Dyn na sexta.

Fonte: G1

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Alvo de hackers, empresas querem descentralizar controle de servidor

Deixe uma resposta