AMORIM: NÃO PENSEI QUE O PSB QUERIA ACORDO APENAS PARA 2016

- Alexandre Pingo - - 28 de março de 2018 | - 9:54 - - Home » Política - - Sem Comentários

O senador Eduardo Amorim (PSDB) disse na manhã desta quarta-feira (28) que lamenta a posição adotada pelo senador Antonio Carlos Valadares (PSB) que decidiu que nas eleições deste ano, seu partido terá candidatura própria e que o deputado federal Valadares Filho (PSB) será o candidato.

Aliado de Eduardo Amorim na eleição em que Edvaldo Nogueira venceu Valadares, hoje o PSB deixa de ser aliado e passa a ser adversário político do senador. “Eu lamento que ele só se interessou em ser aliado em 2016, mas eu espero que esse não seja o pensamento do PSB nacional”, lamentou o senador em entrevista ao radialista Carlos Ferreira no jornal da 102.

Eduardo Amorim lembrou que enquanto ele e André Moura defendiam a candidatura de Valadares Filho à Prefeitura de Aracaju, o governador Jackson Barreto e o atual prefeito Edvaldo Nogueira faziam duras críticas.

O senador que já decidiu ser pré-candidato ao governo do estado e ao senado, André Moura, afirmou que lamenta que “aqueles que chegaram ao poder através do sofrimento das pessoas, agora vão retornar às ruas para pedir os votos. Eu quero lembrar que voto não tem preço e que o eleitor precisa ficar atento para aquele que só quer o poder pelo poder. O eleitor precisa dizer que eu quero um gerente para administrar com respeito ao dinheiro público”, disse o senador.

Munir Darrage/FaxAju

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: AMORIM: NÃO PENSEI QUE O PSB QUERIA ACORDO APENAS PARA 2016

Deixe uma resposta