Após derrota, Luizinho Lopes afirma que o Confiança passa por uma fase turbulenta

- Alexandre Pingo - - 9 de julho de 2018 | - 11:39 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

Parecia que o Dragão do Bairro Industrial ia voltar a vencer após seis empates seguidos na Série C. Mas antes do intervalo o time azulino sofreu o empate e no retorno acabou recebendo dois gols em menos de cinco minutos. O Confiança ainda fez o segundo, mas não conseguiu empatar.

– Provavelmente neste jogo o psicológico deve ter influenciado um pouco. Vamos continuar trabalhando, tentar manter a tranquilidade, a vida do desportista é essa. Vamos trabalhar para ver se a gente consegue retomar o caminho das vitórias – comentou o técnico Luizinho Lopes.

Essa foi a primeira derrota do Confiança na Arena Batistão pelo Campeonato Brasileiro este ano, a segunda na competição. Diante da quantidade de jogos sem vencer, o treinador do Dragão afirmou que o time vive uma fase diferente do início, apesar de ainda estar bem na tabela.

– Hoje a gente tem que assumir que passa por uma fase turbulenta e precisamos encontrar os caminhos da vitória. O mar está muito revolto, a gente precisa não deixar esse barco afundar, precisamos nos estabilizar e ver o que precisamos fazer para voltar a vencer. Vamos trabalhar, nada de fugir da raia, para encontrar o caminho das vitórias – afirmou Luizinho Lopes.

Ainda durante a coletiva de imprensa logo após a derrota para o Náutico, Luizinho foi questionado sobre ter receio em ser demitido por conta da queda de produção da equipe nos últimos jogos, mesmo se mantendo no G-4.

– Talvez pareça até balela, mas eu trabalho por amor a minha profissão. Eu não posso falar o valor que ganho aqui para não expor o clube. Acabei de receber uma proposta para ir para o Botafogo-PB três vezes mais do que o que ganho aqui, para o Remo da mesma forma. Eu fiquei aqui porque me senti bem no ambiente, acredito na minha comissão, na diretoria, nos atletas, então isso (ser demitido) não passa pela minha cabeça. Sou uma pessoa muito bem resolvida, sou jovem, estou no início da minha carreira, vai acontecer muita coisa ainda. Isso aí em nenhum momento passa. Talvez seja mais fácil, com toda humildade, de repente eu pedir pra sair do que estar preocupado em ser demitido. Faz parte da carreira do treinador. Antes de me tornar um, eu me preparei bem, apesar de ser jovem já faz um bom tempo que me preparo para isso e uma das minhas maiores preocupações quando comecei era me preparar psicologicamente. Não tem como não ser assim a vida de um treinador. Você perde três, você está fora, isso é natural do futebol brasileiro. O último clube que eu estava eu tinha 2 anos, tinha autonomia total. Quando vi que o trabalho estava ficando um pouco mais turbulento e eu querendo dar passos mais largos, eu entreguei o cargo. E lá eu tinha autonomia enorme, um contrato bem maior que o daqui, mas o Confiança me deu a condição de trabalhar em um clube grande, que tem pressão, de uma cidade bacana. Então nem me preocupo com isso, nem passa pela minha cabeça – explicou o técnico Luizinho Lopes.

Fonte: GE

Colégio Atena
Enium Criação de Sites

Deixe seu comentário!

Para: Após derrota, Luizinho Lopes afirma que o Confiança passa por uma fase turbulenta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *