Bandeira verde: conta de luz em abril não terá acréscimo

- Pingou Notícias - - 30 de março de 2016 | - 8:51 - - Home » Cidades» Monte Alegre» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários

energiaO aumento de chuva neste ano, que melhorou o volume dos reservatórios das hidrelétricas, aliado à redução da demanda e à inclusão de novas usinas no sistema elétrico brasileiro, possibilitou a mudança das bandeiras tarifárias nos últimos meses. Por isso, a partir do dia 1º de abril, a bandeira tarifária das contas de energia será verde e não terá nenhum acréscimo de valor para os consumidores. Para os municípios sergipanos atendidos pela Energisa, a empresa adianta que abril é mês de reajuste, mas o percentual ainda será divulgado pela empresa.

De acordo com o assessor da Energisa, André Brito, as bandeiras existem para dar uma noção em referência ao custo de produção de energia elétrica. “Nos últimos anos o Brasil vem sofrendo redução nos níveis de reservatórios das hidroelétricas, por isso, tiveram que acionar as usinas térmicas para poder produzir energia suficiente. A geração de energia termoelétrica pode chegar a ser até oito vezes mais cara que a termoelétrica. Então, quem vai custear essa produção? Por isso, o governo decidiu criar as bandeiras tarifárias”, explicou.

Brito esclarece ainda que desde fevereiro a bandeira estava amarela o que indicava recuperação dos reservatórios e uma diminuição menor do custo. Já a bandeira verde significa que as condições estão mais favoráveis.

“Nas bandeiras, o valor é cobrado de acordo com o consumo. Na vermelha, a cada 1 kW é cobrado R$ 0,3 centavos; ou seja, a cada 100 kw, são gastos R$ 3. Na bandeira amarela, 1kw custa um centavo e meio, e cada 100kw, R$ 1,50. Agora em abril, com a bandeira verde, não terá custos para os consumidores. Bandeira não é tarifa de energia, ela serve para cobrir os custos com a energia termoelétrica, é um adicional a conta de energia”, informou.

Mesmo com a bandeira verde, este não é motivo para desperdiçar, alerta André Brito. “Mesmo assim, o uso racional deve ser respeitado. Os consumidores devem ainda evitar o desperdício, usufruir com responsabilidade”, reforça o assessor da Energisa, acrescentando ainda que ano passado houve aumento médio de 50% da energia, no entanto, a concessionária só ficou com 0,3% do lucro. “O cidadão precisa olhar sua conta de energia e saber o que está pagando. Uma dica é olhar o site da Energisa e verificar o simulador de consumo”.

Por: Jornal da Cidade.

Colégio Atena

Deixe seu comentário!

Para: Bandeira verde: conta de luz em abril não terá acréscimo

Deixe uma resposta