Betinho revela cobranças no vestiário e resume: “Não encaramos como uma decisão!”

- Alexandre Pingo - - 28 de fevereiro de 2019 | - 2:43 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

A derrota do Confiança para o Lagarto não pode ser considerada uma surpresa. Afinal, os dois times vinham de excelente campanha, estavam invictos e brigavam na parte de cima da tabela. Surpreendente mesmo foi a forma como ocorreu a goleada lagartense por 4 a 1. O placar e a atuação azulina é que chamaram mais a atenção. Para se ter uma ideia, a equipe comandada por Betinho foi para o intervalo perdendo por 3 a 0, ensaiou uma reação no segundo tempo com gol de Rafael Vila, mas levou mais um e sofreu o revés.

O time acabou saindo de campo ouvindo as cobranças do torcedor, que obviamente ficou bastante insatisfeito com o placar e com o desempenho dos atletas, que foi bem abaixo do que vinha sendo demonstrado.

– Na verdade, eu só transferi as vaias para dentro do vestiário. Foi nítido o nosso comportamento. Nós não encaramos como uma decisão. Nós tínhamos falado que era realmente um jogo decisivo para nós. Eles entraram no jogo muito mais atentos, muito mais ligados e nós achávamos que, só pela nossa qualidade seria o suficiente. Fomos surpreendidos, quer dizer, surpreendidos não, pois sabíamos da qualidade do Lagarto, da capacidade deles, marcação forte, saíram nos contragolpes. Então as vaias do torcedor foram corretas, justas, só transferi para cá, pedi para que eles viessem para uma decisão no segundo tempo. Mudou a postura, fizemos um gol rápido, criamos chances até para o 3 a 2, não conseguimos e acabamos tomando o quarto gol – disse Betinho.

Mesmo com a derrota, o Confiança permanece na liderança isolada, com 16 pontos, um a mais que a equipe do Lagarto. Porém, o time da capital desperdiçou a oportunidade de conseguir o título da primeira fase de forma antecipada e garantir a vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

– Acho que o Lagarto tem muito mérito pela conquista da vitória, mas por si só, nosso vestiário já disse tudo. A gente não queria que isso acontecesse. A gente sabe que, no futebol, em alguns momentos, acontece. Agora é erguer a cabeça, continuar trabalhando, nós somos líderes na competição ainda e dependemos exclusivamente dos nossos próprios esforços.

Na última rodada da primeira fase, o Dragão enfrenta o Dorense e depende apenas de si para se garantir em primeiro. A partida acontece no próximo dia 10/03. Antes disso, o clube joga pela Copa do Nordeste, no dia 7, contra o Fortaleza, fora de casa.

Fonte: GE

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Betinho revela cobranças no vestiário e resume: “Não encaramos como uma decisão!”

Deixe uma resposta