Camisa 10, Cascata elogia arrancada do Confiança na reta final da Série C

- Alexandre Pingo - - 19 de setembro de 2016 | - 11:50 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

Cascata foi contratado para ser a grande referência do Confiança na Série C do Campeonato Brasileiro. O homem da armação das jogadas, das assistência e até de alguns gols, por que não? Mas o rendimento em campo não foi o esperado. Apesar disso, não dá para dizer que o camisa 10 não deu a colaboração dele. A experiência foi importante para ajudar os demais jogadores a administrar melhor o emocional em situações adversas, a segurar a bola no campo de ataque, tomar para si o controle do jogo nessas duas rodadas finais, em que o Time Proletário precisava dos resultados para permanecer na terceira divisão.

Foi assim contra o Salgueiro, na noite do último domingo. O Confiança fez a parte dele e venceu por 2 a 1 o Carcará, resultado suficiente para manter o Dragão na Série C. Após a partida, Cascata elogiou bastante o poder de reação da equipe azulina. Porém disse que gostaria de ter visto o time em uma situação ainda melhor.

Cascata fala sobre campanha do Confiança no segundo turno (Foto: Osmar Rios)

Cascata fala sobre campanha do Confiança no segundo turno (Foto: Osmar Rios)

– Quando eu fui contratado pelo Confiança, foi para buscar acesso para a Série B. Mas infelizmente no futebol nem tudo acontece do jeito que a gente planeja. Acabamos tendo que lutar contra o rebaixamento. Mas o importante é que o time soube reagir, evoluiu e conseguiu esse objetivo de não cair. Estamos todos muito felizes que o time está na Série C. Foi um jogo muito difícil contra o Salgueiro. O time deles soube valorizar a nossa vitória – avaliou Cascata.

O Confiança fechou a campanha da primeira fase na sétima colocação, com 22 pontos. Ironicamente, apesar de ter escapado do rebaixamento apenas na última rodada, ficou apenas quatro pontos distante do G-4.

– A reação do time nesta reta final foi impressionante. Se a gente tivesse conseguido um desempenho melhor no primeiro turno, teríamos até lutado pela classificação. Não estamos aqui para julgar o que aconteceu no passado. O Betinho é um profissional de primeira linha, mas naquele momento o time não encaixou. O futebol tem dessas coisas.

O Confiança se despede da temporada e só volta a jogar partidas oficiais em 2017. As duas competições que tem em vista são o Campeonato Sergipano no primeiro semestre e a própria Série C logo em seguida.

Fonte: GE Sergipe 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Camisa 10, Cascata elogia arrancada do Confiança na reta final da Série C

Deixe uma resposta