Campeão na base, Edmilson Santos lembra título do profissional há 30 anos

- Alexandre Pingo - - 29 de março de 2018 | - 10:27 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

Em 2018, o Confiança decidiu reestruturar as categorias de base. Após um período de hegemonia, o trabalho havia perdido o fôlego e claramente precisava de mudanças. Nelson Lima foi contratado para coordenar o projeto e o experiente Edmilson Santos ficou com a missão de comandar algumas divisões. O trabalho iniciou com dificuldades, mas após quatro meses, rende o bom primeiro fruto. O Dragãozinho conquistou o título de campeão sergipano no sub-19.

A final da competição foi realizada na noite da última terça-feira, na Arena Batistão, contra o Lagarto. Os proletários venceram por 3 a 1 com gols de Yuan, Bruninho e Neto. Ainda perderam um pênalti com Wander. O time será um dos representantes do estado na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019.

– A sensação é maravilhosa , você ser campeão dentro de uma competição é o melhor que pode acontecer. Nós entramos na competição realmente para vencê-la, mas obviamente nós começamos um trabalho há quatro meses e temos ainda muitas dificuldades e muita coisa a melhorar. É um trabalho de reestruturação. Hoje mostramos um futebol de time grande. Um futebol de garra. Com um a menos nós fizemos três gols e poderíamos ter feito quatro. Os jogadores se superaram e isso é o Confiança – disse Edmilson Santos.

 
 

 

O título no sub-19 é um primeiro sinal positivo das mudanças que foram feitas na base azulina. Porém, há ainda um longo caminho a ser percorrido para retomar o trabalho de excelência que era feito. Um dos principais objetivos é revelar atletas que possam reforçar com qualidade o profissional e gerar receitas com negociações. Exemplo disso foi quando o clube revelou atletas como o zagueiro Jemerson, que se transferiu para o Atlético Mineiro e posteriormente ao Monaco da França. Também teve passagens pela Seleção Brasileira.

– Vamos dar continuidade a esse trabalho. Sabemos que não é do dia para a noite que as coisas vão melhorar. A diretoria, dentro do esforço, está dando a sua contribuição e eu tenho certeza de que em breve esse trabalho vai colocar jogadores no profissional do Confiança – disse Edmilson.

Lembrança boa!

A conquista teve um sabor especial para Edmilson Santos. É que, com vasto currículo, ele teve também várias passagens pelo profissional do clube. Numa delas, a mais vitoriosa, foi campeão sergipano em 1988. Existem outras coincidências nesta história.

– Faz 30 anos que fui campeão sergipano pelo Confiança com Fernando França, no início dele como presidente do clube. Isso em 1988. E agora eu fui campeão com o filho como presidente. É fantástico isso, me faz lembrar de tempos maravilhosos. E algo me diz que vamos virar essa situação no profissional também e buscar esse título.

Fonte: GE Sergipe 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Campeão na base, Edmilson Santos lembra título do profissional há 30 anos

Deixe uma resposta