Centenas de mulheres se manifestam em prol de melhorias na Maternidade e Hospital de Glória

- Alexandre Pingo - - 23 de março de 2016 | - 3:14 - - Home » Sem categoria - - Sem Comentários

O Sindicato dos Servidores Públicos de Glória (SINDISERVE Glória) promoveu durante a tarde da última terça (22) um ato de cobrança por melhorias no Hospital e Maternidade regionais de Nossa Senhora da Glória. A ação encerrou as atividades da 7ª Jornada de Luta em Defesa dos Direitos das Mulheres, que teve como objetivo denunciar a precariedade do atendimento do hospital e da maternidade, cuja conclusão da reforma iniciada em 2007 ainda não foi finalizada.

Em parceria com diversos movimentos e entidades, a exemplo do Fórum de Mulheres Glorienses; do MST; da FETAM; do CAPS Luz do Sol e da Coordenadoria Municipal de Políticas para as Mulheres e com o apoio das secretarias de Assistência Social, Educação e Transporte, a passeata atraiu a atenção da população do sertão com a participação de mais de 300 pessoas que reivindicaram melhorias na saúde pública e principalmente no hospital e maternidade regionais.

Entre as reivindicações pontuadas na passeata estão a falta de insumos e de medicamentos; aparelhos quebrados; ausência de médicos constante e as péssimas condiçõe de trabalho e de salário em que os trabalhadores estão sendo submetidos. Segundo dados da organização, o principal retrato das reivindicações foi mostrado no último final de semana, quando a maternidade esteve fechada por falta de médico obstetra.

Uma das idealizadoras do evento, a presidente do SINDISERVE, Itanamara Guedes, utilizou do ato para, durante seu discurso, criticar e cobrar do governo estadual e das autoridades públicas um posicionamento eficaz para as dificuldades vivenciadas pela população local “Foi por todos esses problemas que nós, mulheres guerreiras, saímos às ruas para denunciar o descaso do Governo do Estado com a saúde pública dos sertanejos. Esperamos que nossa voz possa ser ouvida nos cantos quatro desse estado e que o governador, o secretário de saúde e os demais representantes do povo tomem providências”, alertou a sindicalista.

O ato, que percorreu as ruas do bairro Cohab e encerrou com um abraço simbólico no hospital regional, contou com a participação de mais 300 pessoas distribuídas entre mulheres, servidoras municipais, professoras, assistentes sociais, psicólogas, crianças, adolescentes, idosos que participam dos grupos de convivência do CREAS, CRAS Centro e COHAB e estudantes das escolas Augusto Barreto, Tancredo Neves e Antônio Francisco, dentre outros membros dos demais setores da população em geral.

Também estiveram presentes no evento a diretora de mulheres da FETAM, Gardênia; a vice-presidente do SINDISERVE Canindé, Rosana; e a Vereadora de Glória, Maraysa.

Invalid Displayed Gallery

Colégio Atena

Deixe seu comentário!

Para: Centenas de mulheres se manifestam em prol de melhorias na Maternidade e Hospital de Glória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *