Clóvis Barbosa afirma que “Conselheiro manda assessor fazer denúncias”

- Alexandre Pingo - - 17 de maio de 2017 | - 12:01 - - Home » Política - - Sem Comentários

O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), conselheiro Clóvis Barbosa, concedeu uma entrevista na manhã desta quarta-feira (17), para falar sobre as constantes criticas que vem recebendo por setores da imprensa, que informa que ele estaria praticando nepotismo cruzado.

As denuncias são de que uma filha do secretario de estado da saúde, Almeida Lima, estaria lotada no gabinete do presidente do TCE e que o genro de Clóvis, seria servidor da SES.

Ao falar sobre o assunto, Clóvis Barbosa foi duro em suas afirmações, quando diz que a denuncia estaria sendo feita através de um assessor de um conselheiro (ou conselheira)  que estaria orientando o servidor para fazer as denuncias. Segundo Clóvis Barbosa, isso seria uma forma de retaliação por conta da “Operação Antidesmonte”.

Em entrevista à radialista Magna Santana, no programa jornal da FAN, Clóvis afirmou que “essas denuncias estão saindo de dentro do Tribunal. A denuncia está sendo feita por um assessor de um conselheiro ou conselheira que manda o assessor fazer. Isso é por conta da operação Antidesmonte”. O corrupto, acha que todos são corruptos”, denunciou o presidente do TCE e explicou que quanto à corrupção, não se referiu a nenhum conselheiro.

Clóvis afirmou ainda que não irá demitir a filha de Almeida, porque “ela é uma excelente profissional e além disso, quando ela entrou, o Almeida nem sonhava em ser secretário. Eu quero dizer que Almeida Lima está à vontade para exonerar quem queira. Eu não vou exonerar quem presta um bom trabalho”, garantiu.

Sobre a operação Antidesmonte, Clóvis Barbosa afirmou que continua as investigações e que o Tribunal de Contas já aplicou cerca de R$ 800 milhões em glosas a gestores públicos e que os processos estão em andamento.

O conselheiro falou ainda sobre mudanças no Tribunal de Contas de Sergipe que estariam acontecendo e que “todos querem mudança, para que tudo continue como está. Eu quero que todos os servidores assim ponto e os concursados que foram nomeados batem o ponto, porém, servidores de alguns gabinetes, o conselheiro não aceita”, disse Clóvis e desabafou: “eu mato um leão todos os dias”.

Fonte: Munir Darrage/FaxAju 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Clóvis Barbosa afirma que “Conselheiro manda assessor fazer denúncias”

Deixe uma resposta