Confederação Brasileira de Ginástica e MPT firmam termo de cooperação contra assédio

- Alexandre Pingo - - 26 de março de 2018 | - 12:14 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) assinou na manhã deste domingo (25) em Aracaju um termo de cooperação com o Ministério Público do Trabalho (MPT) para inibir a prática de assédio moral e sexual contra atletas.

O acordo visa a adoção de medidas conjuntas para criar mecanismos de controle no ambiente de treinamento e alojamento dos atletas.

Segundo o consultor jurídico da CBG, Paulo Schmitt, a assinatura desse termo de cooperação serve de alerta para todas as modalidades esportivas.

– O MPT se interessou em colaborar e apoiar o combate dessa prática no ambiente esportivo quando viu nosso projeto. Essa cooperação é para planejar ações concretas e educacionais para combater o assédio. Vamos tentar levantar esse tema, que muitas vezes fica escondido, e buscar soluções preventivas para que não aconteça – explicou.

O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury, destacou a importância do combate ao assédio.

– Esse acordo busca a conscientização de todos que estão envolvidos com atletas e dos próprios atletas. Além disso, vai buscar a punição para quem cometer esse tipo de prática e também garantir a privacidade dos atletas. Ainda há muita dificuldade de que as pessoas que passam por isso em denunciar e vamos tentar mudar essa situação – contou.

Ao longo da história do esporte, centenas de atletas foram vítimas de assédio, muitas das vezes os abusos foram cometidos por treinadores e pessoas que exercer, hierarquicamente, poder sobre os atletas. A maioria sofreu calada por medo de se expor ou de sofrer alguma represália. Mas de uns anos para cá algumas vítimas tiveram coragem e denunciaram essas atrocidades.

Recentemente, um caso de abuso na ginástica dos EUA ganhou repercussão mundial. Um médico da equipe foi julgado por ter abusado de dezenas de atletas. Ações como a da CBG têm como objetivo colocar fim a esse tipo de crime no esporte e dar todo apoio às vítimas.

Fonte: GE Sergipe 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Confederação Brasileira de Ginástica e MPT firmam termo de cooperação contra assédio

Deixe uma resposta