Crime Ambiental: Animais supostamente envenenados são encontrados agonizando no Sertão

- Alexandre Pingo - - 4 de fevereiro de 2017 | - 9:21 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - 1 Comentário

Na manhã dessa sexta-feira, 03 de fevereiro, moradores do Povoado Ilha do Ouro, em Porto da Folha, se depararam com alguns animais agonizando. Ao se aproximar dos cachorros, populares perceberam que os mesmos apresentavam sinais de envenenamento. 

De acordo com um popular, transtornados com a cena, os moradores colocaram os animais na sombra e deram leite no intuito de amenizar e neutralizar o efeito do veneno. Após horas de agonias, os animais começaram a apresentar sinais de melhoras. Ainda segundo informação, um dos animais envenenado estava prenha (grávida). 

Até o momento, o autor do envenenamento não foi localizado. 

Crime

Envenenar animais é um crime previsto na Lei de Crimes Ambientais. Nesta Lei consta que, quem praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos é penalizado com detenção de 3 meses a um ano e multa. Mas se o acusado praticou um crime de menor gravidade (como é considerado o envenenamento de animais) e não cometeu delito nos últimos 5 anos, a Lei permite ao Juíz substituir a pena de detenção por multa revertida em bens como cestas básicas e cobertores ou prestação de serviços à comunidade.

Com informações da Tribuna Animal

Da Redação, Pingou Notícias 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Crime Ambiental: Animais supostamente envenenados são encontrados agonizando no Sertão

Uma resposta para “Crime Ambiental: Animais supostamente envenenados são encontrados agonizando no Sertão”

Deixe uma resposta