De volta à briga, Campinense pega o Sergipe para seguir em busca da vaga

- Alexandre Pingo - - 9 de julho de 2016 | - 8:41 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

As três primeiras rodadas da Série D foram um tormento para o Campinense. Em meio às finais do Campeonato Paraibano,  da saída de jogadores e do técnico Francisco Diá, a Raposa conseguiu apenas um ponto. Mas após a vitória segura contra o Fluminense-BA, na última rodada, o time paraibano voltou à briga pela classificação. A reação será colocada em xeque na partida deste sábado contra o Sergipe, às 20 horas, no Estádio Batistão, em Aracaju.

Campinense, treino (Foto: Divulgação / Campinense)

Campinense está em Aracaju desde quinta-feira e demonstra confiança na vitória (Foto: Divulgação / Campinense)

Ao que parece, aos poucos a sorte vai voltando a sorrir para o vice-campeão da Copa do Nordeste. A primeira vitória na Série D fez a equipe de Paulo Moroni subir uma posição no Grupo A9, passando para o terceiro lugar. De certa forma, o Campinense depende apenas dele para se classificar – vencendo o Sergipe hoje, e o Murici, na última rodada, dificilmente a equipe ficará de fora do mata-mata.

 Raposa acredita que vencendo as duas próximas partidas da Série D estará classificada para o mata-mata, nem que seja como um dos melhores segundos colocados

Com mais tempo de trabalho, Paulo Moroni começa a moldar o time. As saídas de jogadores importantes como o zagueiro Tiago Sala, o meia Roger Gaúcho, e os atacantes Raúl e Adalgiso Pitbull, foram compensadas com a chegada de reforços pontuais.

De volta ao rumo das vitórias, a Raposa espera fazer um grande jogo contra o Sergipe para decidir a classificação na última rodada, em casa, contra o Murici. A delegação rubro-negra está desde a quinta-feira em Aracaju se preparando para a partida.

Paulo Moroni tem apenas um desfalque para o jogo no Batistão: Fernando Pires, suspenso pela expulsão na partida contra o Flu de Feira. Sem mistérios, o treinador confirmou a entrada do lateral Everaldo. No gol, Gledson se recuperou do desconforto muscular que o tirou de alguns treinos na semana, e tem presença confirmada à noite.

No Sergipe, o técnico Luciano Dias não poderá contar com o volante Gil Baiano e o zagueiro André Ribeiro, que estão suspensos, mas terá a volta dos laterais-esquerdos Vicente e Max, que se recuperaram de lesões, e deve promover a estreia do volante Mazinho. O time deverá ser o seguinte: Giovani, John Lennon, Carlos Alexandre, Thiago Papel e Vicente; Mazinho, Fabricio Lusa, Rafael Vila e Davi Ceará; Hiago e Diego Neves.

Local: Estádio Batistão (Aracaju)
Data de horário: 9 de julho (sábado), às 20 horas
Provável time do Campinense: Gledson, Everaldo, Joécio, Rafael Jensen e Danilo; Negretti, Magno, Filipe Ramon e Doda; Júnior Chicão e Reginaldo Júnior
Desfalque: Fernando Pires, expulso na rodada passada
Pendurado: Leandro Sobral
Arbitragem: Sebastião Rufino Filho (PE), auxiliado por Marlon Rafael Oliveira (PE) e Fernando Antonio da Silva Júnior (PE)

Fonte: GE Sergipe

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: De volta à briga, Campinense pega o Sergipe para seguir em busca da vaga

Deixe uma resposta