Duda participará do programa de vivência olímpica no Rio de Janeiro

- Alexandre Pingo - - 19 de maio de 2016 | - 2:27 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

Faltam 78 dias para o início dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Tem uma sergipana que vem se destacando muito no vôlei de praia e espera um dia participar desse grande evento. Ainda não será este ano, mas Eduarda Lisboa, a Duda, já vai poder sentir de pertinho o clima.

Tudo isso graças a um programa de vivência olímpica que será realizado na Cidade Maravilhosa em agosto, mesmo mês em que ela completará 18 anos. Que presente, hein? O gerente de preparação esportiva do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o ex-judoca Sebastian Pereira, é quem explica a novidade.

– Nossa expectativa é enorme, nós estamos acompanhando a Duda faz tempo e percebemos a evolução dela e como tem sido o desempenho com parceiras diferentes, geralmente mais experientes que ela, o que engrandece ainda mais, traz mais aprendizados para ela. Essa sedimentação do atleta como um todo ela está tendo e isso é fundamental. Nesse próximo ciclo ela está totalmente dentro do nosso escopo de trabalho é uma atleta potencial para entrar no nosso programa chamado vivência olímpica, no qual levamos atletas que tem potencial para estar nos próximos Jogos Olímpicos e eles já vão vivenciando esse “ambiente olímpico” para que possam ter experiência e conhecimento de como são esses Jogos. E pra Duda, especificamente, vai ser uma oportunidade importantíssima. O que são os Jogos? Como funciona o vôlei de praia? Como funciona a missão? O que é uma Vila Olímpica ? Tudo isso ela já vai ter conhecimento para quando ela chegar às Olimpíadas de Tóquio, que se Deus quiser com todo esse potencial ela vai chegar, ela não estranhar o ambiente. Porque a gente sabe que é diferente, por isso queremos tirar todos esses possíveis problemas que poderiam atrapalhar nossos atletas.  E a Duda tem totais condições de fazer parte dessa turma que agora em 2016, em agosto, já vai poder vivenciar esse “ambiente olímpico” e passar por toda essa experiência que eu expliquei – explicou o gerente de preparação esportiva do COB.

Duda tem conquistado grandes resultados no vôlei de praia, tanto nas competições de base como nas profissionais. Entre os mais diversos pódios da sergipana estão os seguintes:

Ouro nas Olimpíadas da Juventude na China, no Sul-Americano, além de ter sido bicampeã mundial sub-19, prata no mundial sub-23 e, recentemente, conquistou o primeiro lugar no mundial sub-21.

Vale lembrar que ela já venceu algyumas etapas do nacional da modalidade e em uma delas derrotou a dupla Larissa e Talita que estará no Rio 2016. Segundo Sebastian Pereira, assim que as Olimpíadas deste ano chegarem ao final, Duda receberá uma série de treinamentos das mais variadas formas.

– Vamos dar continuidade a esse tipo de trabalho que estamos realizando, todo um serviço de performance que estamos disponibilizando para os atletas. Em relação também a assuntos disciplinas, à ciência do esporte, a equipamentos, a suporte para treinamento e competições, além do monitoramento de cada um a longo prazo. Tudo isso vai ser fundamental para cada um, para que possamos compreender as necessidades da Duda, da parceira dela e de cada atleta que fizer parte deste projeto, de todas as modalidades. A gente precisa e vai estar muito próximo de todo e qualquer atleta. É o mesmo serviço que estamos oferecendo aos atletas que estarão nos Jogos Olímpicos deste ano. A concorrência é grande, então para isso precisamos estar próximos e dar condições para que elas (Duda e a parceira) possam se preparar e executar boas performances em 2020, brigando por uma medalha, até para manter essa tradição que nosso país tem no vôlei de praia – finalizou gerente de preparação esportiva do COB, Sebastian Pereira.

Pódio todo formado pelo Brasil no feminino e encabeçado por Elize e Duda (Foto: Matheus Vidal / CBV)
Fonte: Globo Esporte Sergipe 
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Duda participará do programa de vivência olímpica no Rio de Janeiro

Deixe uma resposta