GARARU: Vereador divulga nota de esclarecimento sobre a denúncia de mutilação de animais na fazenda do filho

- Carlos da Silva - - 12 de junho de 2017 | - 12:34 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários

Após a veiculação na imprensa sobre caso de mutilação de animais na fazenda de seu filho em Gararu, o vereador Buraqueiro, que também foi citado na denúncia, divulgou uma nota de esclarecimento sobre o caso: 

Na sexta-feira, 9 de junho, fui surpreendido com a matéria publicada nas redes sociais e em um programa de TV, que tem como o apresentador Gilmar Carvalho, razão pela qual decidi me pronunciar e rechaçar oficialmente as informações ali contidas.

Nada comprova que a mutilação dos animais foi feita pelo meu filho Marcelo e eu. A imagem do gado que o apresentador Gilmar Carvalho divulgou em seu programa não é de propriedade de meu filho. Os áudios não tem nenhuma participação de Marcelo. O apresentador não poderia ter usado o meu nome, até porque não sou investigado e não tenho nenhuma participação na denúncia. 

Acredito que tenha contribuído com o esclarecimento dos fatos, na certeza de que fui mais um personagem de um joguete político-eleitoral irresponsável do qual não participo, porém, que afeta famílias e negócios que geram empregos.

O CASO

A Polícia Militar do Estado de Sergipe, por meio do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb), flagrou na sexta-feira, 9, no Povoado Lagoa do Boi, município de Gararu, no Alto Sertão Sergipano, um fazendeiro cometendo crime ambiental referente a maus tratos de animais domésticos.

Por volta das 11h, a guarnição Arara 01, composta pelo sargento Paulo, cabo Barreto e soldado Ismerim, em cumprimento a ordem de serviço expedida pelo Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC) e em apoio à Promotoria de Gararu, flagrou 16 bois confinados numa fazenda, com parte da cauda amputada.

No local, o proprietário da fazenda confirmou ser o dono dos animais, mas negou ter mutilado os bovinos. Diante do flagrante de crime ambiental, os animais foram apreendidos, lavrado um termo circunstanciado, com base no artigo 32 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais), e o infrator responderá na Comarca de Gararu.

Cauda ou rabo

Grande parte dos animais tem rabo porque necessita dele para desempenhar algum tipo de atividade. Na verdade, é a continuação da sua coluna vertebral e, por isso, é tão sensível quanto outras partes do corpo. O rabo de bois, cavalos e camelos têm a finalidade de espantar insetos, que podem transmitir doenças.

Com informações do Diário do Grande ABC e Polícia Militar de Sergipe

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: GARARU: Vereador divulga nota de esclarecimento sobre a denúncia de mutilação de animais na fazenda do filho

Deixe uma resposta