Gerente é suspeito de arquitetar e mandar matar dono de parque de diversões

- Alexandre Pingo - - 27 de setembro de 2019 | - 12:00 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários

Imagem da internet

A Polícia Civil detalhou nesta sexta-feira, 27 de setembro, as investigações que resultaram no cumprimento do mandado de prisão preventiva de José Givaldo Andrade, conhecido como “Itamar”. Ele é apontado como o mandante do crime que vitimou José Carlos dos Santos, 52 anos. A vítima era dona de um parque de diversões que estava instalado na cidade de Lagarto, na época do crime, que foi praticado no dia 25 de junho.

De acordo com o delegado Marcelo Hercos, a vítima foi morta após sair do parque de diversões. “No trajeto, o carro em que ele estava foi interceptado por dois homens em uma motocicleta, que efetuaram disparos de arma de fogo contra José Carlos dos Santos. O crime foi premeditado, pois o mandante ordenou que um funcionário não seguisse junto com a vítima”, explicou.

Ainda segundo o processo investigativo, o mandante do crime era gerente do parque de diversões e vinha causando prejuízos à vítima. “O acusado ao longo dos anos vinha causando esses prejuízos, fraudando, furtando a vítima e obtendo valores ilicitamente. A vítima descobriu dois meses antes do crime e o afastou. Com isso, o acusado arquitetou o crime”, detalhou.

A operação que resultou na prisão do acusado contou com o apoio da Delegacia de Rio Real (BA). Ele foi preso, encaminhado para uma unidade policial onde ficará à disposição do Poder Judiciário para demais medidas legais cabíveis ao caso. As buscas seguem para chegar aos outros envolvidos. Informações e denúncias podem ser repassadas pelo Disque-Denúncia (181). O sigilo é garantido

Com informações da SSP

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Gerente é suspeito de arquitetar e mandar matar dono de parque de diversões

Deixe uma resposta