GLÓRIA: Ministério Público poderá ajuizar ação contra o Estado acerca do péssimo estado de conservação do Batalhão da PM

- Alexandre Pingo - - 31 de janeiro de 2019 | - 12:57 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários
Na manhã desta quinta, dia 31, às 09h53m, o Promotor de Justiça da Comarca de Nossa Senhora da Glória, Dr. Alex Maia, que também é o responsável pela Promotoria do Controle Externo da Atividade Policial naquela comarca, manteve contato telefônico com o advogado Márlio Damasceno, que já tinha representado perante o citado promotor solicitando a interdição da companhia sediada naquela comarca (3ª CIA/4º BPM), face ao estado deplorável e condições insalubres que são submetidos os policiais militares que trabalham na unidade militar.
 
Inicialmente o Dr. Alex Maria esperou resolver a questão de forma consensual, mantendo contato com órgãos do Estado para viabilizar a solução do problema, tendo sido informado que a companhia seria alocada em um outro imóvel que seria reformado.
 
Com o passar do tempo o advogado Márlio Damasceno encaminhou outro ofício ao Dr. Alex Maia, solicitando informações acerca da mudança da Companhia 3ª CIA/4º BPM, o representante do Ministério Público informado nesta data (31), afirmado que já tinha esperado muito tempo sem que o problema fosse equacionado e que já estava cogitando ajuizar ação judicial para que efetivamente providências fossem adotadas no sentido de retirar os policiais militares daquela situação degradante, já que o estado teve o devido tempo para efetuar a mudança da companhia de forma consensual e não a fez.
 
O Dr. Márlio fez questão de agradecer a atenção do Dr. Alex Maia para com a causa dos policiais militares, colocando-se à disposição para qualquer necessidade, inclusive, na ação judicial.
 
Com informações do Espaço Militar 
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: GLÓRIA: Ministério Público poderá ajuizar ação contra o Estado acerca do péssimo estado de conservação do Batalhão da PM

Deixe uma resposta