Heleno diz que “Postura dúbia de André causou a derrota de Eduardo Amorim”

- Alexandre Pingo - - 9 de outubro de 2018 | - 10:43 - - Home » Política - - Sem Comentários

O ex-prefeito de Canindé do São Francisco, Heleno Silva (PRB) candidato derrotado ao senado, afirmou na manhã desta terça-feira (09) que a campanha realizada por André Moura (PSC) também ao senado, foi responsável pela derrota de Eduardo Amorim (PSDB) que não conseguiu chegar ao segundo turno.

Em entrevista à radialista Magna Santa, no jornal da Fan, Heleno Silva fez um desabafo, afirmando que “o maior prejudicado foi Eduardo Amorim. As carreatas, segundo Heleno, realizadas por André, pareciam que eram apenas para André”, disse Heleno, afirmando que se sentiu “boicotado pelo agrupamento de André Moura. “Ele não acreditava que o delegado pudesse ganhar e por isso tentou tirar votos de mim”.

Durante a entrevista, Heleno fez uma revelação e que segundo ele, foi responsável pela derrota de Eduardo. “Na verdade, André achava que já estava eleito e ai o seu agrupamento passou a pedir votos para o delegado Alessandro, me isolando e quando ele viu  que o delegado estava crescendo já era tarde e não teve mais o que fazer e acabou como todos viram. Quando eles encontravam eleitores nosso, eles tiravam”, desabafou, afirmando que “abracei um bloco que não me abraçou”.

Durante toda a entrevista, Heleno Silva fez questão de elogiar a postura do então candidato Eduardo Amorim. “Eduardo foi muito correto comigo e o maior prejudicado em tudo isso foi o Eduardo. Eu tive 165 mil votos com apoio de Deus e do povo”, explicou.

Ainda sobre as eleições, Heleno ao ser questionado se a sua ida para a oposição não seria responsável pela derrota, o ex-prefeito disse que “o povo não entendeu nossa saída. Eu entrei na campanha de corpo, alma e coração aberto, levando o nome do outro candidato ao senado. Já quando lideranças falavam que votavam em mim, eles lutavam para tirar. Eu fui para um grupo onde fui prejudicado pelo pessoal de André”, contou e não perdeu oportunidade para ironizar: “se você se junta a soma é um mais um, mas isso não aconteceu”.

Heleno Silva aproveitou para cumprimentar o governador e candidato à reeleição, Belivaldo Chagas (PSD) e Rogério Carvalho (PT), eleito senador.

Ao comentar sobre o segundo turno, Heleno Silva afirmou que o PRB não ficará “em cima do muro” e pelas últimas declarações na entrevista, é possível que o seu agrupamento vá apoiar Belivaldo Chagas.

Heleno Silva explicou que o deputado federal Jony Marco (PRB) está em Brasília onde se reunirá com a direção nacional para saber qual orientação para o segundo turno. “Pastor Jony viajou ontem para Brasília e no máximo até quarta-feira já termos uma posição”, explicou.

Ao interagir durante a entrevista com o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), Heleno brincou e disse que lembra muito a frase “o bom filho à casa retorna”. Ele disse ainda que já tem a sua posição para o segundo turno, mas preferiu não informar com quem estará.

Munir Darrage/FaxAju

Colégio Atena
Enium Criação de Sites

Deixe seu comentário!

Para: Heleno diz que “Postura dúbia de André causou a derrota de Eduardo Amorim”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *