Homens armados assaltam estudante e provocam alvoroço no centro de Glória

- Alexandre Pingo - - 6 de abril de 2017 | - 9:00 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - 1 Comentário

Foto: Polícia Militar

ATUALIZADO: Após o ocorrido, populares acionaram a Polícia Militar, que de imediato iniciou diligências pela ruas da cidade e conseguiu prender dois dos três assaltantes na Rua Manoel Bezerra Lemos no bairro Divinéia, próximo a Companhia da Polícia de Caatinga. Ronaldo da Silva Oliveira e Edivaldo Manoel da Silva foram presos e levados para a Delegacia Regional de Glória onde ficarão a disposição da justiça. 

Com eles foram apreendidos alguns celulares.

Criminalidade persiste em fazer vítimas no interior do estado. Na noite dessa quinta-feira, 06 de abril, por volta das 19h, uma estudante foi assaltada por três homens armados no centro de Nossa Senhora da Glória, região do Alto Sertão, enquanto seguia para a escola. 

De acordo com informações, a jovem seguia pela Rua Senador Leite Neto, também conhecida como Beco de Gararu, quando foi surpreendida por dois homens armados. A estudante tentou fugir, mas um terceiro assaltante, que estava do outro lado da via para assaltar outros transeuntes, se juntou aos outros dois e efetuaram o assalto. Após a ação criminosa, o trio evadiu-se do local com sentindo a Praça dos Três Quiosques. 

Populares que presenciaram a ação começaram a correr e gritar gerando um tumulto na localidade. 

A região do Beco de Gararu é o local preferido dos criminosos, haja vista que a região é bastante frequentada por estudantes, principalmente no período noturno. Além da pouca iluminação, a região também possui dois outros pequenos becos que facilitam a fuga. 

Da Redação, Pingou Notícias 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Homens armados assaltam estudante e provocam alvoroço no centro de Glória

Uma resposta para “Homens armados assaltam estudante e provocam alvoroço no centro de Glória”

  1. Adriana disse:

    Deve-se mostrar os rostos desses individuos. A sociedade precisa saber de quem deve se proteger.

Deixe uma resposta