Jovem gloriense sofre fraturas múltiplas na face após agressão de ex-companheiro

- Alexandre Pingo - - 2 de março de 2017 | - 3:03 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - 1 Comentário

Foto: Arquivo pessoal

Dona Maria Arlete está preocupada com o estado de saúde da filha Roberta Caroline Farias da Silva, 20 anos, que na madrugada de quarta-feira (1) foi espancada no município de Nossa Senhora da Glória (SE), Sertão do Estado. A vítima está internada no Hospital de Urgência de Sergipe, em Aracaju (SE), com fratura múltipla na face.

“Minha filha está nas mãos dos médicos, muito machucada e bem deformada. Não está falando e por isso não sabemos os detalhes do que aconteceu. Já é a terceira vez que ele bate nela e minha filha já tinha denunciado à polícia. Da última vez ele ficou preso, mas foi liberado há cerca de um mês”, conta dona Olete.

Segundo a família, os dois viveram um caso, veio a gravidez e ainda chegaram a morar na casa da mãe durante seis meses, quando iniciaram as agressões e se separaram. “Eles tiveram um filho que está com um ano e seis meses, agora sob os cuidados da madrinha”, conta.

Após as agressões, a mulher foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Segundo a assessoria do hospital, na manhã desta quinta-feira (2) o estado de saúde dela era estável, onde é acompanhada por dois especialistas, um neurocirurgião e um buco-maxilo-facial.

Os médicos que atenderam a vítima  constataram fratura múltipla na face, mas como o rosto ainda está muito inchado, não há previsão de data para a cirurgia.

Investigação
O caso está sendo investigado pela Delegacia Regional de Glória, que confirma que o suspeito já tem passagem pela Justiça e está mobilizada para prender. 

Fonte: Anderson/G1 Sergipe

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Jovem gloriense sofre fraturas múltiplas na face após agressão de ex-companheiro

Uma resposta para “Jovem gloriense sofre fraturas múltiplas na face após agressão de ex-companheiro”

  1. Aelça Ribeiro de Santana. disse:

    Meu Deus! Por favor o nome da mãe da jovem não seria Odete?

Deixe uma resposta