Meizu quer ‘furar’ Xiaomi e trazer Snapdragon 865 antes do Mi 10

- Alexandre Pingo - - 5 de dezembro de 2019 | - 12:41 - - Home » Tecnologia - - Sem Comentários

A Qualcomm apresentou recentemente o processador Snapdragon 865, que é voltado para aparelhos 5G, e a corrida pela estreia da plataforma já começou. Após a Xioami dar detalhes sobre o Mi 10 e confirmar que o celular será um dos pioneiros a adotar o novo componente, a Meizu disse que vai furar a concorrente com o Meizu 17. Em uma postagem em suas redes, a companhia disse que seu próximo top de linha será o primeiro celular com o chipset top de linha.

A empresa não deu uma data de lançamento para o Meizu 17, mas confirmou na rede social Weibo que o smartphone “será o primeiro a carregar o Snapdragon 865”. Além disso, o modelo também contará com conexão 5G fornecida pelo modem X55, que atualmente é o único compatível com o novo chipset da Qualcomm.

A Xiaomi ainda não deu uma data de lançamento para o Mi 10, mas pode ser que a firma adiante seus planos para sair na frente da concorrente. Neste ano, a companhia foi a primeira a fazer um grande lançamento com o Snapdragon 855, que veio dentro da versão 5G do Mi Mix 3.

De qualquer forma, a melhor maneira de saber quem será a primeira marca a lançar um smartphone com o Snapdragon 865 é esperando, já que, de vez em quando, até mesmo as fabricantes acabam se confundindo. Na apresentação do chipset da Qualcomm do ano passado, um erro de tradução fez a OnePlus pensar que abriria a temporada de lançamentos com o processador, o que foi confirmado como um engano posteriormente.

Além de Xiaomi e Meizu, outras fabricantes já confirmaram que estão trabalhando com os novos processadores da Qualcomm voltados para 5G, como é o caso da Samsung, Oppo e Nokia. O principal destaque, porém, fica para a Motorola, que vai voltar a disputar no segmento de alto desempenho e lançará em 2020 um smartphone com o Snapdragon 865.

Por Tecmundo

Enium Soluções Digitais
Colégio Atena

Deixe seu comentário!

Para: Meizu quer ‘furar’ Xiaomi e trazer Snapdragon 865 antes do Mi 10

Deixe uma resposta