Netflix passa a funcionar em mais de 190 países; China não entra na lista

- Alexandre Pingo - - 6 de janeiro de 2016 | - 3:43 - - Home » Tecnologia - - Sem Comentários

O presidente-executivo do Netflix, Reed Hastings, anunciou durante a Consumer Electronic Show (CES 2016) que o serviço de streaming chega a partir de agora a mais de 130 países em todo o mundo. Somados aos mais de 60 em que já funcionava, a empresa oferece seus serviços a mais de 190 países no total.

“É o mundo todo, com a exceção da China”, brincou Hastings. “Mas estamos nos esforçando para estar lá também.” Até agora, as séries e filmes do Netflix eram oferecidas em mais de 60 países, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Além da China, a Coreia do Norte também ficou de fora. Outro país conhecido pela restrição, Cuba também recebeu o serviço

Apesar de o gigante asiático não constar entre os novos mercados, possivelmente por questões de proteção aos direitos autorais e restrições à internet, outros países emergentes passaram a contar com o serviço. Entre eles estão Índia, Indonésia e Rússia.

Durante sua apresentação, Hastings ressaltou que boa parte dos internautas vive em países assim. Dos 3,2 bilhões de pessoas conectados, 2 bilhões são nativos de emergentes.

“A todo lugar que eu ia, me perguntavam, ‘quando o netflix chegará aqui?'”, comentou Hastings.

O executivo-líder da NETFLIX comentou que, desde que lançaram de uma vez todos os episódios de “House of cards “, em 2013, popularizaram a prática de ver todos os capítulos de uma só vez (chamado de “binge watching”).

“Chegamos à ‘era binge'”, brincou, ao dizer que o serviço é oferecido desde os aviões da Virgin até aplicativos dedicados para smartphones, tablets e smartTVs — alguns modelos já até incluem botões dedicados para o serviço.

O Netflix apresentou ainda os trailers de duas novas séries originais: “The Crown”, sobre a rainha Elizabeth, da Inglaterra; e “Get Down”, sobre hip-hop.

A empresa aproveitou para anunciar que, depois de filmar todas suas séries em 4K, vai passar a liberar ainda este ano conteúdo com a tecnologia HDR, que melhora o contraste da luz nas imagens.

Fonte: G1 

Enium Soluções Digitais
Colégio Atena

Deixe seu comentário!

Para: Netflix passa a funcionar em mais de 190 países; China não entra na lista

Deixe uma resposta