Pesquisa lista as 25 startups mais desejadas do Brasil para se trabalhar

- Alexandre Pingo - - 4 de setembro de 2019 | - 1:10 - - Home » Tecnologia - - Sem Comentários

As fintechs, empresas que oferecem inovações na área de serviços financeiros, são as startups mais desejadas para se trabalhar no Brasil em 2019, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (4) pelo LinkedIn, que listou as 25 empresas jovens e inovadoiras mais desejadas no país.

O banco digital Nubank lidera pelo 2º ano consecutivo o ranking, seguido pelo recém-lançado C6 Bank e pela empresa de vendas de imóveis e reformas Loft.

Além das duas primeiras posições, as fintechs aparecem em mais 7 posições: banco digital Neon (4º lugar); a Creditas, de empréstimo online (10º); a Warren Brasil, de investimentos (11º); a KOIN, que permite parcelamentos no boleto (15º); a Zoop (20º), de meios de pagamento; a Contabilizei, de contabilidade online (23º); e a Atlas Quantum (25º), plataforma de negociação de bitcoins.

Veja abaixo a lista das 25 statups mais desejadas:

  1. Nubank (serviços financeiros)
  2. C6 Bank (serviços financeiros)
  3. Loft (vendas de imóveis e reformas)
  4. Neon (serviços financeiros)
  5. QuintoAndar (locação de imóveis)
  6. Loggi (entregas expressas)
  7. Grow Mobility (bicicletas e patinetes elétricos)
  8. EmCasa (compra e venda de imóveis)
  9. Cobli (logística)
  10. Creditas (serviços financeiros)
  11. Warren Brasil (serviços financeiros)
  12. StarSe (educação executiva)
  13. CargoX (transporte de cargas)
  14. Sky.One Solutions (soluções para nuvem)
  15. KOIN (serviços financeiros)
  16. Dengo Chocolates (alimentos)
  17. Desinchá (bebidas)
  18. Mooven Consulting (consultoria em TI)
  19. idwall (segurança digital)
  20. Zoop (serviços financeiros)
  21. Xerpa (software de gestão de recursos humanos)
  22. MaxMilhas (compra e venda de passagens aéreas)
  23. Contabilizei (serviços financeiros)
  24. Vita IT (soluções em TI)
  25. Atlas Quantum (serviços financeiros)

Esta é a segunda edição da lista LinkedIn Top Startups, elaborada a partir do crescimento do número de funcionários, engajamento, interesse em empregos e atração de talentos. O levantamento considera a taxa de pessoas que estão visualizando vagas em startups e se candidatando e a parcela de contratados oriundos de empresas que compõem o ranking “LinkedIn Top Companies 2019“, divulgado em abril. A lista leva em conta ainda o número de visualizações e de seguidores das páginas das empresa no LinkedIn por não-funcionários, bem como a quantidade de não-funcionários que estão visualizando profissionais daquela startup.

Segundo Rafael Kato, editor-chefe do LinkedIn, a lista mostra uma diversificação nos segmentos, o que mostra que as startups estão conseguindo atrair talentos. “Temos desde empresas do setor financeiro até mesmo mobilidade urbana, investimentos e alimentício. Cada vez mais vemos que a disrupção não é exclusividade da tecnologia da informação ou internet. É a prova de que setores considerados ‘tradicionais’ podem ser revolucionados”, afirma.

Fonte: G1

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Pesquisa lista as 25 startups mais desejadas do Brasil para se trabalhar

Deixe uma resposta