PLENÁRIO DA CÂMARA REJEITA TIRAR REFORMA PREVIDÊNCIA DA PAUTA

- Alexandre Pingo - - 10 de julho de 2019 | - 11:33 - - Home » Política - - Sem Comentários

A primeira tentativa da oposição de impedir a aprovação da reforma da Previdência foi malsucedida. Por 331 votos a 117, o Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou nesta noite requerimento do PDT para retirar de pauta a proposta de emenda à Constituição (PEC) da sessão desta terça-feira (9).Parlamentares governistas comemoraram o resultado, afirmando que o placar funciona como um termômetro informal da disposição dos deputados em aprovar a reforma da Previdência. A PEC necessita de 308 votos, equivalentes a três quintos dos deputados, para ser aprovada em primeiro turno.

No domingo (7), o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, tinha afirmado ter 330 votos para aprovar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

Esse foi apenas o primeiro requerimento da oposição, que não fechou acordo com o governo e decidiu obstruir a sessão por falta de acordo. Os requerimentos deverão ser votados um a um. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que pretende encerrar a fase de discussão nesta madrugada.

Até o momento, foram apresentados 77 destaques ao texto principal da reforma, sendo 18 deles de bancada e os outros 59 individuais – que podem ser rejeitados em bloco. Novos destaques podem ser apresentados até o início da votação do texto aprovado pela comissão especial da Câmara.

Por volta das 23h30, Maia anunciou que que deixará os deputados discutirem contra e a favor da reforma até meia-noite. Depois disso, ele porá para votar um requerimento encerrando a fase de debates.

Por Agência Brasil 

Colégio Atena
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: PLENÁRIO DA CÂMARA REJEITA TIRAR REFORMA PREVIDÊNCIA DA PAUTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *