Polícia identifica suspeito de atear fogo no gloriense morador de rua em SP; corpo da vítima será trazido para Sergipe

- Alexandre Pingo - - 7 de janeiro de 2020 | - 8:24 - - Home » Cidades» Destaque» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários
  • Foto arquivo JH

    A Polícia Civil identificou o suspeito de ter ateado fogo no morador de rua que morreu após ser atingido pelas chamas e ter 70% do corpo queimado enquanto dormia em uma rua da Mooca, na Zona Leste de São Paulo, na madrugada de domingo (5). O suspeito ainda não foi preso e a polícia faz buscas para localizá-lo. A identidade do suspeito não foi revelada para não atrapalhar as investigações.

Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, chegou a ser internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal do Tatuapé, mas morreu na manhã desta segunda-feira (6).

O corpo do morador de rua já foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML). A funerária deve levar o corpo para o aeroporto de Cumbica e será transportado para Sergipe. O voo está previsto para sair às 15h. O corpo será levado pelos familiares para a cidade de Nossa Senhora da Glória, local de nascimento da vítima.

A polícia investiga se Carlos teve desavença com outro morador de rua ou algum desafeto. O caso foi registrado inicialmente como crime de lesão corporal no 56º Distrito Policial (DP), da Vila Alpina, mas será investigado pelo 18º DP, do Alto da Mooca, como homicídio.

Por Bom Dia SP— São Paulo

Colégio Atena

Deixe seu comentário!

Para: Polícia identifica suspeito de atear fogo no gloriense morador de rua em SP; corpo da vítima será trazido para Sergipe

Deixe uma resposta