Presidente da OAB/SE diz ser contra instalação da CPI da “Lava Toga”

- Alexandre Pingo - - 27 de março de 2019 | - 12:47 - - Home » Política - - Sem Comentários

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe, Inácio Krauss disse na manhã desta quarta-feira (27) que é contra a instalação da CPI da “Lava Toga”, apresentada  pelo senador Alessandro Vieira.

Durante a entrevista que concedeu ao radialista Jailton Santana, no programa Jornal da Vida, o presidente da OAB considerou inoportuna a instalação da CPI, já que segundo ele, “vai criar uma instabilidade para o País nesse momento”, disse Inácio Krauss e completou: “é preciso respeitar os poderes”.

O presidente da ordem comentou ainda sobre o episódio envolvendo um advogado de Lagarto que acusou policiais militares daquele município de abuso de poder.

O advogado Walla Viana, acusou dois policiais militares do município de Lagarto, de tê-lo espancado no dia 24 de fevereiro, após segundo ele, ter se apresentado aos militares como advogado.

Inácio Krauss ressaltou que continua acompanhando o caso e que espera uma apuração por parte do comendo da Polícia Militar. Ele falou ainda sobre a morte do advogado Jarbas Feitoza de Carvalho Filho, assassinado em um povoado de Aquidabã. “Nós acompanhamos desde o começo as investigações, cobrando da SSP uma solução rápida para o caso”, disse o presidente.

Krauss informou ao final da entrevista que a ordem vai sair com uma nota à tarde, sobre a decisão do presidente  de comemorar o “Golpe Militar” e segundo Bolsonaro, não teve golpe e nem ditadura.

Fonte: FaxAju

Colégio Atena
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Presidente da OAB/SE diz ser contra instalação da CPI da “Lava Toga”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *