PRESIDENTE QUE FICA COM MEDO ENFRENTAR PODERES NÃO SERVE

- Alexandre Pingo - - 19 de janeiro de 2017 | - 10:28 - - Home » Política - - Sem Comentários

“Presidente que fica com medo de enfrentar os poderes não serve pra nós mais. Precisamos de presidente que enfrenta os poderes Judiciário, Executivo e Legislativo com harmonia, respeitando as divisas na individualidade, mas mostrando que a Câmara tem que ter sobretudo as ações imediatas e as suas responsabilidades”. A afirmação foi feita na tarde desta quarta-feira, 18 no Aeroporto de Aracaju, pelo candidato à Presidência da Câmara Federal, Jovair Arantes (PTB-GO).

Ao lado dos deputados da bancada sergipana, Adelson Barreto (PTB), André Moura (PSC) e Valadares Filho (PSB);além dos deputados Valtenir Pereira (MT), Wilson Filho (PB) e Alfredo Kaefer (PR), o candidato ressaltou a necessidade de mudar o Regimento Interno da Câmara Federal.

“Vamos imediatamente, fazer uma renovação do Regimento Interno da Casa, que está arcaico; foi um regimento para cinco partidos políticos e hoje nós temos mais de 28 partidos na Câmara.  Temos que dar transparência e mudar o horário de funcionamento. O cidadão que está em casa, tem que saber o dia que vai votar uma lei e o que essa lei diz respeito a ele. E ele quer assistir, então tem que saber o dia e a hora que vai ter a votação, com clareza. Precisamos acabar com essas votações noturnas, que isso a sociedade não aceita, nós não aceitamos, os deputados não querem isso”, alerta.

Baixo Clero

Indagado se é o candidato do baixo clero, Jovair Arantes foi enfático: “Essa história de apoiar o baixo clero é de quem não quer dar protagonismo, possibilidade de que os 513 deputados possam ter as suas ações parlamentares desenvolvidas e respeitadas pelo conjunto dos deputados. O nosso trabalho será no sentido de resgatar verdadeiramente a imagem da Câmara, que desde a redemocratização é o pior momento que a Câmara vive e nós temos o papel de dar previsibilidade, transparência e fazer com que seja respeitada outra vez pela sociedade brasileira’, destaca.

“Essa é uma eleição absolutamente majoritária que busca sobremaneira, eleger a pessoa que tem mais experiência e mais coragem para fazer o que tem que ser feito. A política está muito em baixa no Brasil, precisa de pessoas que queiram fazer. E eu tenho coragem, tenho experiência, tenho seis mandatos de deputado federal. Na atividade política brasileira, a Câmara é o poder mais importante e o mais próximo da comunidade, pois temos hoje 513 deputados, que representam 210 milhões de pessoas e precisa ter essa transparência e essa possibilidade de comunicação com as comunidades de uma forma mais efetiva”, entende.

Campanha

O deputado Jovair Arantes já visitou 12 Estados em busca de apoio à sua candidatura com vistas às eleições para a Presidência da Câmara Federal, marcadas para o próximo dia 2 de fevereiro, a exemplo de Goiás, do Distrito Federal, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Bahia.

Após a entrevista coletiva de imprensa no Aeroporto de Aracaju, ele se reuniu com o governador Jackson Barreto (PMDB), no Palácio de Veraneio. “Estou aqui para mostrar ao governador, ao prefeito e ao povo de Sergipe que nós vamos estar lá tendo uma interlocução permanente com os governos estaduais. Hoje o pacto federativo é uma questão fundamental para que a gente possa recuperar o prestígio que tem a questão da relação política com a União. Essa visita é a 12ª faltam só 15 unidades da federação que vamos cumprir até a próxima quarta-feira, sempre fazendo um contato com os deputados, respeitando o conjunto da sociedade brasileira”, explica.

Quanto ao apoio recebido até agora, Jovair Arantes prosseguiu: “O apoio declarado é dos deputados que estão dizendo que vão votar em mim. É aquela velha história: o deputado, a urna e o voto. Acredito que esse voto secreto será muito favorável e nós vamos realmente ganhar essas eleições para modificar o perfil da Câmara, que precisa ter mais interação com a sociedade. Eu tenho apoio dos deputados e a simpatia do governador Jackson Barreto, que foi meu companheiro de partido em Brasília e hoje está fazendo um belo trabalho, fazendo o dever de casa. Vim aqui buscar os votos dos deputados, com certeza terei”, acredita.

Amigos

Após a reunião, o governador de Sergipe falou sobre a visita. “Foi uma visita de amigos, ele comunicando da candidatura dele. Eu já militei no PTB ao lado de Jovair e tive uma relação de amizade, muito respeitosa. Sempre fui muito bem recebido e muito bem acolhido no PTB. Fui procurado pelo deputado Adelson Barreto para receber Jovair e eu o recebia em qualquer circunstância. Eu acho que do ponto de vista institucional, um governador, um deputado federal é sempre um amigo e a gente tem a obrigação de receber bem. Essa é a característica do sergipano e como governador não vou deixar nunca de receber um deputado federal, membro de uma casa que eu convivi por 16 anos”, ressalta Jackson Barreto.

O candidato participou de um jantar com deputados da bancada sergipana e na manhã desta quinta-feira, 19, segue para a cidade de Maceió (Al), dando continuidade à campanha.

Por Aldaci de Souza, FaxAju

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: PRESIDENTE QUE FICA COM MEDO ENFRENTAR PODERES NÃO SERVE

Deixe uma resposta