Quanto tempo um aplicativo espião leva para roubar dados?

- Alexandre Pingo - - 14 de março de 2019 | - 12:01 - - Home » Tecnologia - - Sem Comentários

Roubo de dados por aplicativo

Eu gostaria de saber se um aplicativo pode ter pegado meus dados no tempo de 3 horas que ele ficou instalado no meu celular. Quando eu pesquisei na internet, descobri que ele rouba dados. Ele pode ter feito isso em 3 horas? Obrigada! – Waldilenne

Infelizmente, sim. Três horas é tempo suficiente para roubar diversas informações do seu celular.

Dito isso, antes de entrar em pânico, tome nota do seguinte:

  • muitos aplicativos que roubam dados precisam de permissões adicionais. Ou seja, você precisa abrir o aplicativo e dar a permissão necessária a ele antes de qualquer informação ser enviada aos criminosos;
  • alguns aplicativos só podem roubar dados quando eles são usados. Por exemplo, um aplicativo que rouba senhas de banco só pode fazer isso quando você acessar seu banco. Se você não acessou seu banco nesse período, a informação não pode ter sido roubada;
  • por regra geral, os aplicativos instalados têm alcance limitado. Eles não podem roubar informações de outros aplicativos, apenas dados genéricos do telefone (seus contatos, seu histórico de chamadas e assim por diante).

Portanto, fique bem atenta ao que pode ter sido roubado.

Além disso, lembre-se que qualquer programa espião também é limitado pela sua conexão com a internet. Dificilmente um programa teria conseguido copiar todas as fotos do seu aparelho em 3 horas, por exemplo – isso consumiria seu plano de dados ou deixaria seu wi-fi saturado. Por esse motivo, é raro que algum aplicativo copie tudo de uma vez só.

Remetente do e-mail

Pesquisando pela net visualizei um artigo de vocês ao ano 2017 que fala sobre “Por que aparecem e-mails enviados por mim mesmo?”. Recebi dois e-mails nos últimos dias nesse formato. O e-mail tem tom de ameaça e cobra bitcoins. Como a ameaça não procede, a única preocupação que tenho é sobre uma possível ameaça na minha máquina ou no servidor. Tenho muita cautela e cuidados ao acessar sites na internet. Quais providências devo tomar? Obrigada. – Fernanda

Fernanda, é relativamente normal receber e-mails indesejados com remetente falso e, às vezes, esse remetente pode realmente ser o seu próprio endereço de e-mail.

Há mais de uma forma de especificar o remetente de uma mensagem e, dependendo de outras características do e-mail, uma mensagem com remetente forjado pode passar pelos filtros de lixo eletrônico e chegar à sua caixa de entrada.

Se a mensagem já estava na caixa de “Spam” ou similar, isso é um forte indício de que o filtro de lixo eletrônico do serviço de e-mail identificou que o remetente era falso e, por isso, jogou o e-mail lá.

Se você tiver um conhecimento técnico mais elevado ou tiver acesso a alguém com esse conhecimento (talvez um técnico na sua empresa), é possível avaliar ao origem detalhada do e-mail e descobrir de onde ele partiu de fato.

De modo geral, esses e-mails com ameaças (como explicado no pacotão anterior) são totalmente falsos, mesmo quando incluem alguma senha ou informação pessoal sua.

Portanto, o remetente forjado é só mais um dos truques usados pelos criminosos para deixar as pessoas desconfiadas de que houve alguma invasão, embora nenhum ataque tenha ocorrido.

Fonte: G1

Colégio Atena
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Quanto tempo um aplicativo espião leva para roubar dados?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *