Secretário pede ao Inep divulgação do Enem 2015 das escolas técnicas do RJ

- Alexandre Pingo - - 7 de outubro de 2016 | - 1:38 - - Home » Educação - - Sem Comentários

retário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Wagner Granja Victer, solicitou ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a inclusão das notas do Enem 2015 por escola da Fundação Faetec, as escolas técnicas mantidas pelo governo fluminense. Nesta quinta-feira (6), o Inep informou que um “equívoco” fez com que os institutos e centros de educação tecnológica federais ficassem de fora da divulgação da lista, e que decidiu divulgar as notas “o mais rápido possível”.

A autarquia não descarta a inclusão de outras escolas que tenham ficado de fora por causa do erro técnico. A mudança, de acordo com o Inep, ocorreu por causa de um novo entendimento do Censo Escolar, segundo o qual escolas com ensino médio integrado ao ensino técnico não são mais consideradas de “ensino médio regular”.

Em um ofício enviado na quarta-feira (5), Victer questiona a “supressão dos resultados do Enem de diversas unidades da rede estadual fluminense”, como as da Fundação Faetec e seus institutos, “e unidades da rede federal, como os institutos federais (IFF, IFRJ e Centros), localizados no estado, em especial aquelas relacionadas a escolas técnicas com ensino integrado”.

Monitoramento e avaliações
O secretário pediu, no ofício, que o site onde os dados foram divulgados “possa ser revisado”. De acordo com ele, o Plano Nacional de Educação (PNE) dá ao MEC e ao Inep a responsabilidade de auxiliar as demais redes “na análise do cumprimento das metas por meio da publicação da dados, informações e indicadores fundamentais para embasar o trabalho dos demais entes federativos”.

Victer diz, no ofício, que há a falta de informações “publicadas de forma pormenorizada, acessível e clara” limita os gestores de “implementar políticas públicas com base em evidências, com vistas à qualidade educacional”.

Ele defendeu a inclusão das escolas técnicas estaduais com ensino médio integrado na divulgação do Enem 2015 afirmando que, como elas já tiveram resultados divulgados em anos anteriores, “gera-se uma interrupção improdutiva na série histórica de acompanhamento, comparação e monitoramento da qualidade de ensino no estado, afetando a comparabilidade do indicador com os resultados de anos anteriores”.

Ainda segundo o ofício, o secretário do Rio ressalta que essas escolas “possuem um modelo de ensino em que o conteúdo de ensino médio é abordado de forma integrado ao ensino técnico/profissional”, uma modalidade que “ganha destaque pelo próprio governo federal” por causa da medida provisória de reforma do ensino médio.

Entenda o caso
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) admitiu nesta quinta-feira (6) que cometeu um “equívoco” ao excluir 96% dos institutos e centros federais da divulgação dos dados do Enem 2015 por escola. Procurado pelo G1 na quarta-feira (5), o instituto havia justificado a exclusão como uma mudança metodológica.

O governo federal excluiu 96% dos institutos e centros federais da divulgação dos dados do Enem 2015 por escola (veja a cobertura completa). A lista com as notas médias de 14.998 foi divulgada na manhã de terça-feira (4). Das 275 unidades de institutos e centros de educação tecnológica federais que haviam sido incluídas na divulgação do ano passado (referente ao Enem 2014), apenas 12, ou 4% do total, estão presentes nos dados. Outras quatro que não apareceram na lista do ano passado foram incluídas na deste ano.

Outros estados mantêm escolas técnicas, como Rio de Janeiro, Pernambuco, Pará e Rio Grande do Sul, e também foram afetados pela mudança na regra.

Inep diz que mudança conceitual do Censo Escolar provocou a exclusão de institutos federais no 'Enem 2015 por Escola' (Foto: Arte/G1)

Inep diz que mudança conceitual do Censo Escolar provocou a exclusão de institutos federais no ‘Enem 2015 por Escola’ (Foto: Arte/G1)

Fonte: G1
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Secretário pede ao Inep divulgação do Enem 2015 das escolas técnicas do RJ

Deixe uma resposta