Segundo suspeito de participar da morte de vigilante se entrega à polícia e diz que crime foi motivado por vingança

- Alexandre Pingo - - 16 de setembro de 2019 | - 11:13 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - 1 Comentário

Imagem ilustrativa

A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (16) que o segundo homem suspeito de participar do assassinato de um vigilante na Escola Municipal Antônio Ferreira Carvalho, em Capela (SE), se entregou no último sábado (14).

De acordo com o delegado Wanderson Bastos, ele confessou que invadiu a unidade junto com o outro suspeito morto em confronto no dia 10 de setembro, e esfaqueou a vítima duas vezes. O homem também teria informando à polícia que a mão e a língua do vigilante foram arrancados ainda em vida pelo primeiro suspeito.

A participação de outros três homens no crime também é investigada.

Motivação

Segundo o delegado, a motivação para a morte do vigilante teria sido vingança. “Ele atribui à vítima o fato de já tê-lo espancado no passado porque ele era assaltante. Durante o interrogatório ele diz ‘eu sei que não era nenhum santo, mas isso não dava a ele o direito de me bater, de me espancar'”, diz. Ainda segundo Wanderson Bastos, o suspeito diz que o vigilante teria ameaçado os dois de morte.

Outros crimes

A suspeita da polícia é que ele também tenha participado da invasão à residência da vítima, enquanto seu corpo era velado pela família no dia 5 de setembro.

Ele e o primeiro suspeito já estavam sendo investigados por atirar contra duas guarnições da Polícia Militar no último dia 30 de agosto.

Com informações do G1

Colégio Atena

Deixe seu comentário!

Para: Segundo suspeito de participar da morte de vigilante se entrega à polícia e diz que crime foi motivado por vingança

Uma resposta para “Segundo suspeito de participar da morte de vigilante se entrega à polícia e diz que crime foi motivado por vingança”

  1. Erro nas datas aí. Se ele foi assasdinado dia 10 de setembro, como o suspeito invadiu a casa dele dia 5 quando o corpo estava sendo velado, segundo a reportagem.

Deixe uma resposta