Senadora lamenta alto índice de violência contra mulher

- Alexandre Pingo - - 24 de março de 2016 | - 8:28 - - Home » Política - - Sem Comentários

Ao observar dados disponibilizados pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), a senadora licenciada e atual secretária da Família e Ação Social de Aracaju, Maria do Carmo Alves, lamentou o alarmante crescimento da violência contra a mulher.

“É apavorante essa situação. Não podemos nos calar diante de tantas agressões. Precisamos encorajar as vítimas a procurarem a Polícia e a denunciar o seu agressor”, afirmou a democrata. O balanço foi feito a partir de registros do Ligue 180, que funciona em todo o Brasil.

Um fato que chama a atenção, no entender de Maria do Carmo, é que mais de 85% dos casos de violência são praticados em ambientes doméstico e familiar. “Isso é inadmissível. É inaceitável. Em casa, em tese, deveria ser o lugar mais segura, mas é lá aonde acontece o maior número de agressões”, disse a secretária, ressaltando que os números mostram, ainda, que os homens, com quem as vítimas têm ou tiveram algum tipo de relacionamento afetivo, respondem por mais de 67% dos casos de violência. “Em quase 30%, o agressor é alguém próximo: um familiar, amigo, vizinho ou conhecido”, relatou Maria.

No total, de janeiro a outubro de 2015, o Disque 180 registrou mais de 63 mil denúncias, em todo o Brasil. Isso representa uma média de um a cada sete minutos. “É um quadro crítico e precisamos ter coragem para enfrentar”, disse Maria do Carmo, acrescentando que, no Senado, sempre participou de ações voltadas ao combate à violência contra a mulher e defendeu mais rigor nas penas aplicadas aos agressores. “Tem que ser tratado com o máximo rigor, pois infelizmente, em muitos casos as vítimas vão à óbito. Os números mostram isso”, reclamou.

Fonte: FaxAju

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Senadora lamenta alto índice de violência contra mulher

Deixe uma resposta