Sergipano desiste do futebol e lança livro sobre o “submundo” da bola

- Alexandre Pingo - - 24 de setembro de 2016 | - 10:27 - - Home » Esporte - - Sem Comentários

O futebol tem um roteiro batido, que se repete com a maioria que sonha em se dar bem como jogador profissional: garoto bom de bola, que chama a atenção de técnicos e empresários, passa pela base de clubes tradicionais mas simplesmente não consegue decolar, não ganha a grande oportunidade. Desiludido, entra em depressão, cai no mundo das drogas, não enxerga um outro caminho. Douglas Reichembach poderia ter vivenciado destino parecido, porém aos 18 anos, tomou a decisão mais importante da vida dele. Largou a bola e foi estudar. Ele está no terceiro período do curso de administração de empresas e escreveu um livro sobre o “submundo do futebol”, na definição do próprio autor.

‘As lições do esporte’ (R$ 27,90-100 páginas) serve como um alerta para quem pretende seguir carreira no futebol. O livro conta as dificuldades pelas quais os jogadores passam para conseguir emplacar na profissão e o principal, mostra que nem todo mundo consegue alcançar o objetivo. Qual o plano b então?

– É a história de um garoto que tinha um sonho em mente: ser jogador de futebol. Mas ele não imaginava o quanto seria difícil e complicado ingressar dentro desse submundo. Passando por diversos estados e conhecendo várias culturas, esse garoto ganha uma grande experiência através dessa oportunidade. O livro mostra a importância do papel familiar na vida de um jovem que tem um objetivo em mente, que para ser alcançado é necessário um esforço muito maior e com a possibilidade da não conclusão – disse o autor.

Uma das principais lições que o livro procura passar é a importância de, mesmo lutando para realizar o sonho de ser um jogador de futebol, não abandonar os estudos, investir na educação, até para não se ver perdido quando as coisas não dão certo com a bola.

– Em certos momentos, o livro também funciona como um manual explicativo e associa fábulas a situações do cotidiano humano, tornando a investida bem mais interessante, tratando-se de aprendizagem. Uma oportunidade única para aprofundar a visão sobre o que antes poderia ser desconhecido ao falar de futebol. Mesmo focando em um segmento específico do esporte, os textos também servem para que os atletas de diferentes modalidades reflitam cada vez mais e mais sobre os cuidados com as mudanças radicais – contou Douglas Reichembach.

O sonho de Douglas em se tornar um jogador profissional começou aos seis anos de idade, ainda quando praticava o esporte em escolinhas de futebol. Logo o jovem zagueiro foi se destacando e passando pela base de alguns clubes, jogou no Sergipe, no Confiança e depois saiu do Estado, foi morar sozinho em alojamento de clubes como Figueirense, Paraná e São José-SP, até desistir da carreira no ano passado e ingressar na universidade para estudar administração.

– O que é preciso entender é que é uma vida muito difícil. É preciso haver muito esforço, muita dedicação e sorte também. Você tem que abrir mão de muitas coisas, ficar longe da família, dos amigos e mesmo assim não tem garantia nenhuma de que vai conseguir ter sucesso. Eu decidi seguir um outro rumo no ano passado porque tudo era uma verdadeira incógnita. Preferi investir nos meus estudos em busca de uma vida mais estabilizada. Hoje já trabalho na área também. Quero que o livro e a minha história sirvam de exemplo para os garotos que não conseguiram realizar o sonho no futebol. Existem outros caminhos e eles podem ser muito mais felizes para a sua vida. Por isso é preciso sempre ter um plano b.

O livro ‘As lições do esporte’ será lançado neste sábado, a partir das 16h30, na Escariz da Avenida Jorge Amado.

Fonte: GE Sergipe 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Sergipano desiste do futebol e lança livro sobre o “submundo” da bola

Deixe uma resposta