SERTÃO: Suspeitos de roubos trocam tiros com a polícia e são presos horas depois

- Alexandre Pingo - - 25 de outubro de 2017 | - 9:04 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários

Imagem ilustrativa

A Polícia Militar de Sergipe, por meio do 4º BPM, juntamente com Centro de Operações Policiais Especiais de Alagoas, prenderam durante as primeiras horas dessa quarta-feira, 25 de outubro, na cidade de Piranhas, dois indivíduos acusados de terem praticado assaltos no município de Canindé de São Francisco. 

De acordo com Tenente Rollemberg, Wesley e Cicero eram suspeitos de terem praticado os assaltos ocorridos na noite dessa terça-feira, 24, no bairro Trevo. De posse de uma arma de fogo, a dupla ameaçava as vítimas e subtraíam os pertences. O Núcleo de Inteligência do 4º BPM identificou os dois elementos em uma motocicleta de cor vermelha e solicitou duas viaturas para prender os suspeitos. Ao ver as viaturas, a dupla efetuou alguns disparos contra a guarnição, que revidou e acabou atingindo um dos suspeitos. A dupla conseguiu fugir do cerco policial por um matagal. 

Segundo Rollemberg, a Polícia Militar de Sergipe já havia informado ao Hospital de Piranhas sobre o suspeito que havia sido baleado. Pouco tempo depois, a PM de Sergipe foi informada que um individuo de nome Cicero, vítima de arma de fogo, havia dado entrada na unidade hospitalar. Diante das informações, os agentes sergipanos se deslocaram até o hospital, onde prenderam Cicero. Após ser questionado, ele confessou o crime e indicou a participação de um indivíduo de prenome Wesley. Por estarem na área de Alagoas, a PM acionou o Cope para auxiliar na prisão do segundo envolvido.

Ao serem questionados sobre os objetos roubados, a dupla informou que haviam jogado em um matagal próximo a entrada no município de Canindé. Os policiais fizeram buscas, porém, apenas a arma utilizada nos assaltos foi encontrada. 

Da Redação, Pingou Notícias 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: SERTÃO: Suspeitos de roubos trocam tiros com a polícia e são presos horas depois

Deixe uma resposta