Sertão: Três prefeitos desistem de disputar a reeleição

- Alexandre Pingo - - 21 de julho de 2016 | - 2:38 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários

928695-tse_lacra_sistemas20eleitorais_2350_1No Sertão sergipano, três prefeitos, mesmo aptos à reeleição, não irão enfrentar uma nova disputa no pleito deste ano. São eles: Heleno Silva (PRB), de Canindé de São Francisco; Albino Tavares (PSD), de Porto da Folha; e Roberto Araújo (PT), de Poço Redondo. O principal motivo é a má avaliação de suas administrações. Eles culpam a crise econômica do país, que não teria dado as condições para que pudessem ter cumprido as promessas da campanha passada.

A informação consta de levantamento realizado pelo JORNAL DA CIDADE sobre os pré-candidatos a prefeito nas cinco principais cidades do Sertão do Estado. Completam a lista de municípios Monte Alegre e Carira. Nestas localidades, mesmo com dificuldades na gestão, os atuais prefeitos – Tonhão (PSC), da primeira cidade, e Diogo Machado (PSD), da segunda – irão à reeleição.

Em Monte Alegre, Tonhão irá enfrentar a esposa do ex-prefeito Aragão, Dona Valdirene, do PMDB. Há ainda as pré-candidaturas de Nena, que já disputou outras eleições, e Dr. João Thiers.

Em Carira, Diogo Machado terá como adversários o ex-prefeito Adroaldo Chagas, conhecido como “Negão” do PSC; Erivaldo de Valmir (SD) e Gilberto de Tonho de Nelson (PV).

Em Canindé, até o momento há três candidatos: Erasmo Marinho (PSC), o ex-prefeito Orlando Andrade (PSD) e Adilson Galindo (PPS). Orlando Andrade terá como vice Ednaldo da Farmácia, já Erasmo terá como companheiro de chapa Pedrão de Adriano de Bonfim. Galindo ainda discute a escolha do vice. O prefeito Heleno Silva não deverá subir no palanque de nenhum dos candidatos.

Em Poço Redondo, mesmo faltando menos de um mês para o início da campanha eleitoral, ainda há muita indefinição. Ivan Rodrigues Rosa, do DEM, é o único nome confirmado, cujo vice será Júnior Bijota (PSR). Fala-se também no ex-prefeito Frei Enoque, do PSB, mas sua candidatura ainda é dúvida. Ele pode abrir espaço para o vereador Alex Esporte (PSB). O vereador Pinho pode ser o vice. Há ainda outro pré-candidato: Júnior Chagas, tendo como vice Manoel da Farmácia.

Já em Porto da Folha, a sucessão de Albino Tavares terá quatro candidatos: Dr. Júlio (PDT), o ex-prefeito Manoel de Rosinha (PT), Raimundo (PRB) e Marlene, do PPS.

Fonte: Jornal da Cidade 

 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Sertão: Três prefeitos desistem de disputar a reeleição

Deixe uma resposta