Sheron Menezes relembra assédio aos 13 anos: “Fui abordada por um tarado”

- Alexandre Pingo - - 4 de junho de 2016 | - 9:15 - - Home » Entretenimento» Famosos - - Sem Comentários
A atriz Sheron Menezes, que atualmente vive Bertoleza na novela “Liberdade, Liberdade”, esteve na manhã desta segunda-feira (3) no programa “Encontro”, da Globo.
Em meio a um debate sobre preconceito e respeito às mulheres, ela relembrou um assédio que sofreu aos 13 anos. “Eu fui abordada por um tarado. Ele não chegou a tocar em mim, por que eu sempre fui de brigar, perguntar: ‘o que é?’. Mas aí você se reprime. Tenho que ouvir isso, baixar a cabeça e sair andando? Como você reage? É muito difícil”, explicou a atriz.
Sheron ainda falou sobre a importância da educação doméstica para evitar que grandes absurdos como estes dos últimos tempos, vem acontecendo. “É importante dizer para o seu filho que ele precisa tratar uma mulher bem, não importa como ela está vestida”, frisou.
“Eu posso estar nua, se eu quiser. O corpo é meu e ninguém pode tocar”, disse, que ressaltou também o esquecimento das pessoas em conviver com as diferenças. “Enquanto as pessoas não entenderem que ser diferente é normal, porque é normal, que ninguém é igual, nada vai mudar”.
Já sobre a novela “Liberdade, Liberdade”, falou sobre sua personagem e as cenas que têm gravado: “Bertoleza tem me deixado muito triste. Eu choro quando leio, quando gravo, quando assisto. É uma história que não acabou”, pontua.
Fonte: Na Telinha
Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Sheron Menezes relembra assédio aos 13 anos: “Fui abordada por um tarado”

Deixe uma resposta