Sobre a vinda de Alcolumbre, Belivaldo acha positivo e diz que “Estamos nos entendendo”

- Alexandre Pingo - - 25 de outubro de 2019 | - 2:25 - - Home » Política - - Sem Comentários

O governador Belivaldo Chagas disse na manhã desta sexta-feira (25) que está satisfeito com a atuação dos parlamentares sergipanos, quanto à destinação das emendas no Congresso Nacional.

Durante entrevista que concedeu ao radialista Narcizo Machado, o governador disse que esteve recntemente em Brasília, onde participou de uma reunião com a bancada com o intuito orientar sobre a destinação de, pelo menos, R$ 100 milhões para as áreas de Saúde e Segurança Pública, mas que isso não foi possível.

Belivaldo disse que “este ano o montante foi de R$ 248 milhões. Inicialmente, se pensou em colocar R$ 100 milhões à disposição do Estado e o restante ficaria a critério dos onze parlamentares, mas a bancada entendeu que deveria dividir por igual para cada parlamentar e o parlamentar colocaria onde quisesse”, explicou.

Ainda sobre as emendas, Belivaldo contou que recebeu um telefonema do coordenador da bancada sergipana, o deputado federal Fábio Reis (MDB), informando sobre a destinação das emendas. Segundo Belivaldo, as áreas em questão foram contempladas com cerca de R$ 75 milhões. O governador disse que “todos contribuíram, uns mais e outros menos. O deputado Gustinho Ribeiro,  preferiu colocar o grande montante de emendas dele para o Denocs, todos os demais deputados e senadores colocaram recursos para a área da Saúde e Segurança Pública. Eu quero, de público, agradecer a todos eles”, disse.

O governador também comentou sobre a vinda do presidente em exercício a Sergipe, Davi Alcolumbre, Belivaldo disse que foi positivo, já que pode ver de perto a situação. “Estamos nos entendendo. Já foram liberados R$ 2,5 milhões para Sergipe, uma Medida Provisória para que a gente faça a contratação de mais pessoas para lidar com esse problema. Foi apresentado um plano de ação para o período de até 6 meses que girava em torno de R$ 20 milhões. Eles avaliaram e já liberaram R$ 2,5 milhões. Foi dito por Alcolumbre que enquanto tiver o problema, recursos serão liberados” explicou Belivaldo.

Ao final da entrevista, Belivaldo avaliou a possibilidade da chegada aos cofres do estado, de um valor de cerca de R$ 295 milhões e que segundo o governador, “esse recurso pode cobrir o déficit de pelo menos dois meses e meio da previdência e acaba nos ajudando a ter um certo conforto e, com essa pequena folga, podemos avançar no pagamento de fornecedores”, explicou o governador e concluiu afirmando que “todo recurso extra que chega num momento como esse acaba sendo bom”.

Com informações do Jornal da Fan/FaxAju

Colégio Atena

Deixe seu comentário!

Para: Sobre a vinda de Alcolumbre, Belivaldo acha positivo e diz que “Estamos nos entendendo”

Deixe uma resposta