Thiaguinho Batalha se reúne com médicos para discutir fim da greve

- Alexandre Pingo - - 16 de fevereiro de 2017 | - 10:30 - - Home » Política - - 1 Comentário

O vereador Thiaguinho Batalha (PMB) participou de uma reunião com a diretoria do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) para discutir a proposta da categoria para o encerramento da greve que já dura 24 dias. O sindicato propõe uma alternativa para o pagamento do salário de dezembro de 2016, que é o parcelamento em quatro vezes.

No dia 20 de janeiro, a Prefeitura de Aracaju apresentou como proposta para quitação do salário de dezembro do ano passado, a opção de ser pago em 12 parcelas ou a antecipação do valor integral por meio de crédito consignado junto à Caixa Econômica Federal ou Banco do Estado de Sergipe. A proposta deverá ser encaminhada à Câmara de Vereadores pelo executivo municipal agora no início dos trabalhos legislativos.

Thiaguinho demonstrou preocupação com a paralização da categoria. Ele considerou a proposta do Sindimed muito sensata e garantiu que conversará com o prefeito Edvaldo Nogueira e com os demais vereadores. “Vamos levar ao prefeito e aos colegas de parlamento essa proposta, que eu considero bastante razoável. O importante é encontrar um entendimento o mais breve possível para que a greve acabe e a população não seja mais penalizada”, disse.

O presidente do Sindimed, João Augusto, considerou a reunião muito proveitosa e agradeceu ao parlamentar pela disponibilidade em buscar um consenso. “Nós entendemos que a proposta é condizente para acabar com o conflito. O vereador Thiaguinho Batalha se dispôs a levar essa sugestão para a bancada do governo e tentar construir essa proposta alternativa. Isso é louvável e a categoria agradece”, afirmou.

Fonte: FaxAju

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Thiaguinho Batalha se reúne com médicos para discutir fim da greve

Uma resposta para “Thiaguinho Batalha se reúne com médicos para discutir fim da greve”

  1. janete disse:

    muito bom o seu artigo

Deixe uma resposta