Três gestores do Sertão tem contas julgadas pelo Tribunal de Contas do Estado

- Alexandre Pingo - - 5 de abril de 2016 | - 2:32 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - Sem Comentários
Foto: Cleverton Ribeiro

Foto: Cleverton Ribeiro

Na última quinta-feira, 31 de Março, foi realizada sob a presidência do conselheiro Clóvis Barbosa de Melo a sessão plenária do TCE/SE, tendo sido julgados 18 processos e seis protocolos. Os conselheiros Carlos Alberto Sobral, Carlos Pinna de Assis, Luiz Augusto Ribeiro, Susana Azevedo, Ulices Andrade e Angélica Guimarães, bem como o procurador-geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira de Mello, também participaram da sessão.

Carlos Alberto votou pela aprovação, com ressalvas, das Contas Anuais da Prefeitura de Monte Alegre, referentes ao exercício 2006, de interesse de João Vieira de Aragão; pela regularidade, com ressalvas, das Contas Anuais da Assembleia Legislativa, referentes ao exercício 2013, de interesse de Maria Angélica Guimarães Marinho; e pelo provimento e consequente arquivamento de Recurso de Reconsideração interposto por Givaldo Oliveira da Silva, ex-presidente da Câmara de Siriri.

O conselheiro decidiu também pelo arquivamento de Representação da Prefeitura de Canhoba, de interesse de Elinalda Pereira Santos do Bomfim e Ludwig Oliveira Júnior; pelo arquivamento de documentos das prefeituras de Moita Bonita, de interesse de Marcos Antônio Costa; de Frei Paulo, de interesse de Josimário Aragão e Ouvidoria-TCE; de Canindé do São Francisco, de interesse de José Heleno da Silva, e de Rosário do Catete, de interesse de Everton Figueroa.

Carlos Pinna votou pela regularidade, com ressalvas, das Contas Anuais do Instituto de Previdência do Município de Aracaju, referentes ao exercício 2013, de interesse de Antônio Newton de Oliveira Porto; pela regularidade das Contas Anuais do Sergipe Energias Renováveis e Gás S.A., referentes ao exercício 2011, de interesse de Fernando Akira Ota; pela regularidade, com ressalvas e multa de R$ 1 mil, das Contas Anuais do Fundo Municipal de Saúde de Canhoba, referentes ao exercício 2010, de interesse de Maria da Conceição Machado Tojal Guimarães, e pela regularidade, com ressalvas, das Contas Anuais do Fundo Municipal de Saúde de Telha, referentes ao exercício 2010, de interesse de Eliziete Barbosa Melo.

Ele decidiu ainda pela emissão de parecer prévio pela aprovação com determinações das Contas Anuais da Prefeitura de Itabi, referentes ao exercício 2010, de interesse de Rubens Feitosa Melo; pela regularidade das Contas anuais da Câmara de Santana de São Francisco, referentes ao exercício 2011, de interesse de Luiz Carlos dos Santos, e pela autuação de documento da Secretaria Municipal de Educação de Aracaju, de interesse de Alexandre Manuel Rodrigues Pereira e Maria Cristina Rotolo.

Luiz Augusto votou pela regularidade das Contas Anuais da Fundação Municipal de Cultura e Turismo João Bebe Água de São Crsitóvão, referentes ao exercício 2013, de interesse de Dilene Miranda Job; pela emissão de parecer prévio pela rejeição das Contas Anuais da Prefeitura de Divina Pastora, referentes ao exercício 2008, de interesse de José Carlos de Souza e das Contas Anuais da Prefeitura de Nossa Senhora Aparecida, referentes ao exercício 2010, de interesse de Antônio Barreto Muniz; pela regularidade das Contas Anuais da Câmara de Nossa Senhora do Socorro, referentes ao exercício 2012, de interesse de Maria da Conceição dos Anjos, assim como pela improcedência de Recurso de Reexame interposto por Iziane Maria Oliveira de Alcântara Pionório, ex-prefeita de Poço Redondo, e pela autuação como Representação de documento do Ministério Público solicitando análise e averiguação da regularidade da prestação de contas do Instituto Central de Arte e Cultura Estanciana.

E Angélica Guimarães decidiu pela regularidade das Contas Anuais da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju, referentes ao exercício 2011, de interesse de Antônio Samarone de Santana e Osvaldo Alves do Nascimento Filho, e das Contas Anuais da Câmara de Aracaju, referentes ao exercício 2009, de interesse de Emmanuel da Silva Nascimento, bem como pelo arquivamento de Representação da Fundação Hospitalar de Saúde, de interesse de Antônio Carlos Guimarães de Sousa Pinto e João Augusto Bandeira de Mello/MPE/TCE.

Fonte: TCE

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Três gestores do Sertão tem contas julgadas pelo Tribunal de Contas do Estado

Deixe uma resposta