Twitter reverte prejuízo no 2º trimestre, mas perde usuários e ações caem

- Alexandre Pingo - - 27 de julho de 2018 | - 11:33 - - Home » Tecnologia - - Sem Comentários

Um dia após o maior tombo diário de sua maior rival, o Facebook, o Twitter decepcionou investidores ao divulgar seu balanço do 2º trimestre e suas ações caíam nesta sexta-feira (27). A empresa conseguiu reverter o prejuízo do mesmo período do ano passado, mas informou que perdeu usuários.

Pela manhã, os papéis da empresa recuavam quase 3% na Nasdaq, índice de ações de tecnologia da Bolsa de Nova York.

A rede social registrou 335 milhões de usuários mensais no segundo trimestre, abaixo dos 339 milhões esperados pelo mercado, e ligeiramente menor que os 336 milhões de pessoas no primeiro trimestre. A maior queda foi observada nos Estados, segundo a Reuters.

A empresa informou que a decisão de penalizar usuários “mal comportados” este ano valeu a pena, embora o uso mensal da rede social tenha caído.

Assim como o Facebook, o Twitter tem sofrido pressão de reguladores em vários países para eliminar discursos de ódio, conteúdo abusivo e desinformação. Também é pressionado a proteger melhor os dados dos usuários e aumentar a transparência nos gastos com propaganda política.

Os resultados podem ampliar as preocupações de que o Twitter não tem uma clara estratégia para aumentar o uso e a receita juntos.

Lucro recorde

A perda de usuários do Twitter ofuscou os resultados robustos do segundo trimestre.

A companhia divulgou um lucro líquido recorde de US$ 100,1 milhões, revertendo um prejuízo de US$ 116,5 milhões registrado no mesmo período do ano passado. Foi o terceiro trimestre seguido e o terceiro período de três meses sem prejuízo.

As receitas de US$ 711 milhões, principalmente de publicidade e 24% acima do ano passado, superaram a estimativa média de US$ 696 milhões de pesquisas feitas pela Reuters.

Segundo o Twitter, o resultado foi beneficiado de duas semanas da Copa do Mundo no 2º trimestre, com anúncios vinculados ao torneio de futebol gerando US$ 30 milhões em receita.

Queda do Facebook na véspera

As ações do Facebook despencaram quase 20%, após a gigante de redes sociais prever anos de margens menores de lucro. O declínio nos papeis do Facebook também pesou sobre o índice de tecnologia do S&P 500, que caiu 1,6%.

As ações da Amazon.com perderam 3% e teve o segundo pior desempenho do S&P após o Facebook. Os papéis do Twitter, que deverá divulgar os resultados trimestrais na sexta-feira, caíram 2,9%.

Fonte: G1

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Twitter reverte prejuízo no 2º trimestre, mas perde usuários e ações caem

Deixe uma resposta