Vazamentos provocam desperdício de água e trás transtornos para a população

- Alexandre Pingo - - 29 de dezembro de 2016 | - 10:38 - - Home » Cidades» Nossa Senhora da Glória» Notícias - - 1 Comentário

Enquanto alguns localidades do Sertão de Sergipe convivem com a escassez de água, em Ilha do Ouro, principal ponto turístico de Porto da Folha, o desperdício de água é notório. Há cerca de 15 dias, dois vazamentos tem deixado a população transtornada não só pela dificuldade de locomoção dos pedestres, como também o desperdício do bem mais precioso do ser humano, a água. 

De acordo com populares, o local onde ocorreram os vazamentos é ponto de passagem da equipe da Deso, já que a rua dá acesso a adutora que fica às margens do Rio São Francisco. Por conta do grande acumulo de água, os moradores temem que mosquitos da dengue se proliferem e traga riscos a saúde da sociedade. 

“Já dura cerca de 15 dias. Além do desperdício de água tratada, o acumulo de água também está dificultando o acesso dos moradores aos apartamentos do prédio Residências Familiar e a padaria que fica ao lado. Esperamos que com a publicação da denúncia, alguma providência seja tomada o mais rápido possível.” – ressalto um dos moradores do povoado. 

Se a Deso fosse privatizada, os serviços ficariam melhores?

Da Redação, Pingou Notícias 

Enium Soluções Digitais

Deixe seu comentário!

Para: Vazamentos provocam desperdício de água e trás transtornos para a população

Uma resposta para “Vazamentos provocam desperdício de água e trás transtornos para a população”

  1. Ll disse:

    Se a deso for privatizada a população mais carente pagará um preço muito alto, a iniciativazão privada não quer saber quem pode ou não pagar pela água, o seu custo será muito maior, temos vários exemplos, pesquisem por exemplo alagoinhas no pernanbuco, que já é da iniciativa privada, temos que cobrar das autoridades competentes mais investimentos e menos política na deso, é não a privatização.

Deixe uma resposta